Anuncie e Denuncie (37)3322-4000
Leitores Online

Acessos recentes

Notícias


Mais lidas


26 de Setembro de 2012 16h50

Alunos do Caic participam de palestra sobre postura corporal

A palestra contou com a participação de 45 alunos do 6º ano do ensino fundamental e de dois professores.


O professor André Carvalho ministrou a palestra junto com os acadêmicos do Unifor

O professor André Carvalho ministrou a palestra junto com os acadêmicos do Unifor

Da redação

Fonte: Unifor


Locais

Mais uma edição do projeto de extensão intitulado “Fisioterapia na Reeducação Postural Escolar” foi promovida pelos acadêmicos do 8º período do curso de fisioterapia do Unifor.

A palestra realizada na Escola Municipal Caic, pelos acadêmicos Ana Cristina Leite, Camila Matos de Oliveira, Jéssica Lima Costa, João Victor de Oliveira e Rosiane Santos da Silva, contou com a participação de 45 alunos do 6º ano do ensino fundamental e dois professores.

O projeto de extensão é vinculado ao Estágio Supervisionado em Reeducação Postural, realizado na Clínica Escola de Saúde do Unifor (Clifor).

As alterações posturais podem desencadear sinais e sintomas como dores localizadas ou generalizadas, desequilíbrio, desatenção, disfunções nos movimentos, desconforto, incapacidade, dentre outros. A maioria desses problemas ocorre em crianças e adolescentes que estão em plena fase de desenvolvimento, que são sedentários ou que permanecem por muito tempo exercendo apenas um tipo de postura, como na posição sentada, seja em frente ao computador, dentro da sala de aula ou até mesmo fora dela.

Portanto, medidas educativas sobre a incorporação de hábitos posturais saudáveis dentro da rotina das escolas são extremamente importantes para a promoção e prevenção da saúde das crianças, representando uma das práticas mais efetivas relacionadas à questão postural.

Importância do trabalho desenvolvido

A atividade de extensão realizada proporciona aos acadêmicos a possibilidade de aplicar, na prática, seus conhecimentos teóricos, estimulando suas diversas habilidades e competências como atenção à saúde, tomada de decisões, comunicação e liderança.

Além disso, possibilita que os participantes recebam informações e orientações essenciais para a melhoria dos seus hábitos de vida diários e, consequentemente, proporciona uma melhor percepção da qualidade de vida, favorecendo, assim, uma boa saúde.







Lista