Por Priscila Rocha – Últimas Notícias

O formiguense Túlio da Silva brilha há cinco anos nas quadras de basquete dos Estados Unidos. Atleta da Missouri State University, ele é um dos 16 jogadores universitários que concorrem ao State Farm Dark Horse Dunker 2020.

A famosa competição do basquete americano seleciona os melhores jogadores universitários para concorrer a uma vaga no State Farm College Slam Dunk.

O vencedor será escolhido por meio de votação popular, pelo site da competição (vote aqui).

Foto: Reprodução Dark Horse Dunker

A escolha dos atletas teve início na terça-feira (11) e ficará disponível por uma semana. Nesta primeira fase, serão selecionados oito jogadores. Os vencedores serão anunciados no dia 19, quando for aberta a segunda etapa. As votações para a segunda rodada, a semi-final e a final também ficarão disponíveis por uma semana.

O vencedor será selecionado para competir no State Farm College Slam Dunk e no Campeonato de Três Pontos, evento que apresenta alguns dos melhores dunkers da faculdade e atiradores de três pontos do país.

Túlio concorre a vaga com os seguintes atletas:

Anthony Brow – Lincoln Memorial
Dakota Bennington – Eureka College
Darrion Willies – Oklahoma City University
Emmanuel Egbuta – Tennessee State
Danyon Hempy – College of Wooster
Isaiah Hill – Saint Leo University
Isaiah Crawley – Georgia Southern
Josh Hawley – Tarleton State
Nate Bruneel – College of Idaho
Niquan Cousins – Bluefield College
Jhonathan Dunn – Southern Nazarene
Shaun Kirk – UNC Pembroke
Tyree White – UL Monroe
Ryan Montgomery – Lee University
Wayne Stewart – Texas A&M Commerce

O atleta

Túlio da Silva, de 23 anos, começou a praticar basquete aos 14 anos, na quadra do bairro Quinzinho. Foi para o Olímpico, em Belo Horizonte. Fez parte de seleções estaduais e do Brasil até que em 2014 partiu para o sonho americano.

Em agosto de 2015, começou a estudar em South Florida e hoje brilha no Missouri.

Túlio é filho de Ronilson Roquelino da Silva, que jogou futebol como lateral no Nacional, no FEC e no Valério de Itabira e Denise Sebastiana da Silva.

Imprimir