Jaime Martins Filho (PR/MG) e 512 deputados federais eleitos ou reeleitos dos 26 estados e DF para a 54ª legislatura (de 2011 a 2015) serão empossados nesta terça-feira (1º), às 10h, no Plenário Ulysses Guimarães na Câmara dos Deputados em Brasília (DF). Está prevista a presença de cerca de 3.500 pessoas para a cerimônia, mas entrar no plenário, que só tem 400 cadeiras, é privilégio para poucos.
Aberta a sessão, o presidente da Câmara, Marco Maia, convidará quatro deputados, de preferência de partidos diferentes, para servir de secretários, e proclamará os nomes dos deputados diplomados. Em seguida, haverá o juramento solene: Prometo manter, defender e cumprir a Constituição, observar as leis, promover o bem geral do povo brasileiro e sustentar a união, a integridade e a independência do Brasil.
Em entrevista, Jaiminho Martins falou sobre o papel que desempenhará nos próximos quatro anos em Brasília. Minha reeleição para deputado federal, de forma ascendente em termos de votação, me avaliza como representa dessa grande margem de municípios mineiros e, ao mesmo tempo, me credencia a cuidar do seu desenvolvimento de forma contínua. Fato é que vamos continuar o nosso trabalho pelo Centro-Oeste mineiro, defendendo os seus interesses e promovendo a qualidade de vida para todos os municípios, defende Jaiminho.
Eleição
Logo após a posse se iniciará a movimentação para a formação dos blocos parlamentares. A formação de blocos é que define a distribuição de cargos da mesa diretora e das presidências das comissões permanentes. Às 15 h, com os blocos já definidos, haverá uma reunião de líderes para a escolha dos candidatos à eleição da mesa diretora, que se compõe do presidente, de dois vice-presidentes, quatro secretários e quatro suplentes.
Às 18 horas terá início a eleição do novo presidente da Casa e os demais integrantes da mesa diretora. A eleição será feita por urna eletrônica, que substitui as cédulas de papel. A estimativa dasSecretaria-geral da mesa é que a votação esteja encerrada em três ou quatro horas, se não houver segundo turno. Haverá oito urnas eletrônicas no plenário, em cabines privadas. As votações pelo método anterior demoravam de oito a dez horas.
A mesa da posse será composta apenas pelo presidente Marco Maia, já que o mandato dos atuais componentes terá expirado. Entretanto, ele não poderá presidir a sessão, porque é candidato. O presidente deverá ser o deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), que tem o maior número de mandatos ? ele estará entrando em seu 11º mandato. Nessa sessão, apenas os candidatos à Presidência poderão discursar.
Jaiminho Martins
Jaime Martins Filho é integrante do Partido da República (PR) e cumpre atualmente o quarto mandato consecutivo na Câmara Federal. O expressivo apoio recebido nas urnas, nas últimas eleições (2010), lhe garantiu a reeleição com uma votação recorde, obtendo um total de 180.117 votos. Jaiminho assume nesta terça-feira o seu quinto mandato consecutivo como Deputado Federal.

print
Comentários