O balanço divulgado pelas polícias rodoviárias estadual e federal aponta que 36 pessoas morreram nas estradas que cortam Minas Gerais durante o feriado do dia 12 de outubro. Ao todo, foram 511 feridos em 593 acidentes. Nas rodovias federais, 21 pessoas morreram: foram registrados 352 acidentes e 271 pessoas ficaram feridas, sendo que 202 acidentes foram sem gravidade e não tiveram vítimas, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).
Já nas rodovias estaduais, das 18h do dia 9 de outubro (sexta-feira), às 12h do dia 13 de (terça-feira), foram registrados 241 acidentes, sendo 10 deles fatais. No total, 15 pessoas morreram nas rodovias do Estado e 240 ficaram feridas. De acordo com a Polícia Militar, 55 % dos acidentes foram devido à falta de atenção dos motoristas. Lembrando que, no ano passado, o dia 12 de outubro caiu em um domingo e não foi feriado prolongado.
Região da Polícia Rodoviária de Formiga
Segundo informações da Polícia Rodoviária de Formiga, nas estradas da região o feriado prolongado foi tranquilo nas rodovias, sem acidentes graves e mortes. Entre as 18h do dia 9 e 6h do dia 13, ocorreram três acidentes, dois sem vítimas e um com vítima de ferimentos leves.
Durante o final de semana, nove veículos foram apreendidos, cinco CNH recolhidas, 39 veículos retidos, num total de 1.022 fiscalizados. Segundo o comandante do grupamento da Polícia Rodoviária em Formiga, subtenente Palhares, um dos motivos para a tranquilidade do feriado nas rodovias foi que as previsões de chuvas para o feriadão não se concretizaram, fazendo com que não ocorresse acidentes fatais.
Acidentes
No dia 9, sexta-feira, três pessoas morreram, duas em Juatuba, região Central do Estado, na BR-262, altura do Km 381, onde um veículo com placa de Minas saiu da pista. Em Catuji, região do Vale do Mucuri, na BR-116, outra pessoa morreu quando veículos de São Paulo e Bahia bateram de frente, no Km 205.
No dia 10, foram 11 morts. Em Juatuba, novamente na BR-262, altura do Km 377, outras duas pessoas morreram em uma colisão traseira envolvendo cinco veículos mineiros. Na BR-381, altura do Km 792, em São Gonçalo do Sapucaí, Sul de Minas, outras três pessoas morreram. Dois veículos, um de Minas e outro de Santa Catarina, bateram de frente.
Ainda na Fernão Dias, outras três pessoas morreram. No Km 118, em Campanha, Sul de Minas, uma colisão frontal, entre dois veículos mineiros, deixou uma pessoa morta. No Km 546, em Itatiaiuçu, região Central de Minas, outra morte foi registrada. Dessa vez, a colisão foi traseira e também envolveu veículos de MG. Em Betim, na Grande BH, altura do Km 491, uma colisão transversal entre um veículo de São Paulo e um mineiro fez uma vítima fatal.
Na BR-040, foram registradas duas mortes, uma em Nova Lima, na região Metropolitana de BH, em uma batida traseira, envolvendo três veículos com placas de MG. Outra em Curvelo, região Central, em outra batida traseira. A rodovia BR-251 também registrou acidente fatal, no Km 457, em Francisco Sá, no Norte de Minas, onde mais uma pessoa morreu. Um veículo de SP e outro de MG bateram de frente.
Domingo
Segundo a PRF, no dia 11, um ciclista foi atropelado por um veículo com placa de Minas e morreu na BR-040, altura do Km 510, em Ribeirão das Neves, na região Metropolitana de BH. Na BR-153, Km 121, em Prata, no Triângulo Mineiro, foi registrada outra morte em uma batida frontal entre veículos de São Paulo, Minas e Paraná. Outra batida frontal, envolvendo veículos de SP e MG, matou uma pessoa em Grão Mogol, no Norte do Estado. O acidente aconteceu na BR-251, altura do Km 431.
Segunda-feira
No dia 12 de outubro, foram contabilizadas duas mortes na BR-040. Uma em Contagem, região Metropolitana de BH, no Km 525 onde uma pessoa foi atropelada por A outra foi vítima de uma saída de pista próxima ao Km 413, em Curvelo.
Outra pessoa morreu na BR-262, no Km 364, em Juatuba, onde veículos de Goiás e Minas bateram de frente. Na BR-365, altura do Km 48, em Claro dos Poções, no Norte de Minas, dois carros de MG bateram de frente e uma pessoa morreu.

print
Comentários