396 títulos eleitorais foram cancelados em Formiga

22 títulos foram cancelados em Córrego Fundo e 32 em Pimenta. As duas cidades também compõem a Zona Eleitoral 114.

22 títulos foram cancelados em Córrego Fundo e 32 em Pimenta. As duas cidades também compõem a Zona Eleitoral 114.

O prazo para a regularização do título de eleitor terminou no último dia 4 e quem não regularizou a situação já está com o documento cancelado. A Justiça Eleitoral disponibilizou, na segunda-feira (25), nos sites do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), os nomes dos eleitores e os números dos títulos que estão com o documento cancelado devido ao não comparecimento nas três últimas eleições.
Segundo o chefe do Cartório Eleitoral de Formiga, Jorge Aparecido Pinto, nos municípios de Formiga, Córrego Fundo e Pimenta, que compõem a Zona Eleitoral 114, 450 títulos foram cancelados: 22 em Córrego Fundo, 32 em Pimenta e 396 eleitores em Formiga também já estão com o título cancelado.
O cancelamento do título eleitoral provoca uma série de consequências, como impedir a obtenção de passaporte e carteira de identidade, o recebimento de salário de função ou emprego público, e financiamento. A ausência de registro também pode dificultar matrícula em instituições de ensino e a nomeação em concurso público.
Ainda de acordo com Jorge, quem teve o título cancelado, já está sujeito à multa, mesmo assim, deve procurar o Cartório Eleitoral, localizado à rua Silviano Brandão, 156, Centro para regularizar o documento. O telefone para esclarecimentos é o (37) 3321 1846.
Atualmente, Formiga conta com 53.644 eleitores, Córrego Fundo com 4.930 e Pimenta com 6639 eleitores.
Dos 142.822.083 eleitores cadastrados quando da realização do último pleito, no Brasil, foram cancelados 1.711.267 títulos. Desse total, apenas 64.580 (3,62%) compareceram aos cartórios eleitorais para regularizarem a situação.
Os estados que tiveram mais títulos cancelados foram São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Bahia e Rio Grande do Sul.

print
Comentários

Sobre o autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

396 títulos eleitorais foram cancelados em Formiga

22 títulos foram cancelados em Córrego Fundo e 32 em Pimenta. As duas cidades também compõem a Zona Eleitoral 114.

22 títulos foram cancelados em Córrego Fundo e 32 em Pimenta. As duas cidades também compõem a Zona Eleitoral 114.

O prazo para a regularização do título de eleitor terminou no último dia 4 e quem não regularizou a situação já está com o documento cancelado. A Justiça Eleitoral disponibilizou, na segunda-feira (25), nos sites do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), os nomes dos eleitores e os números dos títulos que estão com o documento cancelado devido ao não comparecimento nas três últimas eleições.

Segundo o chefe do Cartório Eleitoral de Formiga, Jorge Aparecido Pinto, nos municípios de Formiga, Córrego Fundo e Pimenta, que compõem a Zona Eleitoral 114, 450 títulos foram cancelados: 22 em Córrego Fundo, 32 em Pimenta e 396 eleitores em Formiga também já estão com o título cancelado.

O cancelamento do título eleitoral provoca uma série de consequências, como impedir a obtenção de passaporte e carteira de identidade, o recebimento de salário de função ou emprego público, e financiamento. A ausência de registro também pode dificultar matrícula em instituições de ensino e a nomeação em concurso público.

Ainda de acordo com Jorge, quem teve o título cancelado, já está sujeito à multa, mesmo assim, deve procurar o Cartório Eleitoral, localizado à rua Silviano Brandão, 156, Centro para regularizar o documento. O telefone para esclarecimentos é o (37) 3321 1846.

Atualmente, Formiga conta com 53.644 eleitores, Córrego Fundo com 4.930 e Pimenta com 6639 eleitores.

Dos 142.822.083 eleitores cadastrados quando da realização do último pleito, no Brasil, foram cancelados 1.711.267 títulos. Desse total, apenas 64.580 (3,62%) compareceram aos cartórios eleitorais para regularizarem a situação.

Os estados que tiveram mais títulos cancelados foram São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Bahia e Rio Grande do Sul.

 

Redação do Jornal Nova Imprensa

Comentários

Sobre o autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Últimas Notícias