Gleiton Arantes

Alunos e professores das nove escolas estaduais de Formiga participaram no sábado (18), da 3ª caminhada da Promoção da Igualdade Racial, em comemoração ao Dia da Consciência Negra, celebrado nesta segunda-feira (20).

O objetivo foi conscientizar alunos e a comunidade em geral sobre o preconceito ainda existente na sociedade. O percurso foi entre a Escola Rodolfo Almeida até a praça Ferreira Pires.

Com apitos, faixas, cartazes e balões, a manifestação foi realizada para lembrar a importância desta data. O evento ocorreu também em 2016 e 2015.

Participaram estudantes e educadores das escolas: Aureliano Rodrigues Nunes, Doutor Abílio Machado (Polivalente), Jalcira Santos Valadão (Escola Normal), Joaquim Rodarte, Rodolfo Almeida, Bernardes de Faria, Tonico leite (Got), Cesec e da escola da Penitenciária Regional de Formiga, Professora Maria Aparecida Costa de Resende.

A data marca o dia da morte de Zumbi dos Palmares, ocorrida em 1695, após anos defendendo o Quilombo de Palmares de expedições que pretendiam escravizar, novamente, os negros que conseguiram fugir. Desde 2003, com a aprovação da Lei 10.639, que instituiu o ensino da História e Cultura Afro-Brasileiras nas escolas, a data foi incluída no calendário escolar como o Dia Nacional da Consciência Negra.

Atualmente, o Projeto de Lei 296/15, do deputado Valmir Assunção (PT-BA), está em tramitação para transformar a data em feriado nacional. Aprovado na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, o projeto segue agora para análise do Plenário da Câmara.

 

(Fotos: divulgação)

print

Comentários