A Biblioteca de Córrego Fundo, Maria José Arantes, criou o projeto ‘O que ler’. O objetivo é estimular o hábito da leitura e divulgar o acervo do órgão.

Nessa semana, o projeto traz como sugestão de leitura a obra “A Casa das Sete Mulheres”, da autora Letícia Wierzchowski.  

A biblioteca funciona às segundas, quartas e sextas-feiras das 7h às 16h e terças e quintas-feiras das 7h às 17h30.

O livro:

Um envolvente romance histórico sobre a Revolução Farroupilha de 1835 e sete mulheres da família de Bento Gonçalves, comandante das tropas revolucionárias. 

O livro descreve as aventuras de sete gaúchas da família do general Bento Gonçalves, chefe da revolução que pretendia separar o Sul do resto do país. 

O líder do movimento, general Bento Gonçalves da Silva, isolou as mulheres de sua família em uma estância afastada das áreas em conflito, com o propósito de protegê-las. A guerra que se esperava curta começou a se prolongar. E a vida daquelas sete mulheres confinadas na solidão do pampa começou a se transformar.

 

livro a casa sete mulheres

Redação do Jornal Nova Imprensa Prefeitura de Córrego Fundo

Imprimir
Comentários