A partir de fevereiro, material escolar terá selo do Inmetro

A discussão sobre a certificação começou em 2010 e uma portaria publicada em maio de 2012 estabeleceu a obrigatoriedade do selo.

A discussão sobre a certificação começou em 2010 e uma portaria publicada em maio de 2012 estabeleceu a obrigatoriedade do selo.

A partir do dia 28 de fevereiro os pais deverão ficar atentos à presença de um selo de certificação do Inmetro em materiais escolares como apontadores, borrachas, canetas e giz de cera, entre outros.
O selo atesta que o material passou por testes e atende aos requisitos necessários de segurança ? para evitar acidentes físicos ou intoxicação ? e de qualidade, garantindo que não se quebrem ou parem de funcionar facilmente.
A discussão sobre a certificação começou em 2010 e uma portaria publicada em maio de 2012 estabeleceu a obrigatoriedade do selo do Inmetro.
Porém, como o processo de certificação é demorado e para dar tempo para as indústrias, os importadores e o varejo se adequarem aos novos parâmetros, a medida só entrará em vigor no próximo mês.
Produtos como cola, lancheiras, réguas e canetinhas, entre outros também deverão trazer a certificação.
Alerta
Os órgãos de defesa do Consumidor lembram que itens de higiene e limpeza não podem ser incluídos na lista da material escolar que os pais têm de comprar.

print
Comentários

Sobre o autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

A partir de fevereiro, material escolar terá selo do Inmetro

A discussão sobre a certificação começou em 2010 e uma portaria publicada em maio de 2012 estabeleceu a obrigatoriedade do selo.

A discussão sobre a certificação começou em 2010 e uma portaria publicada em maio de 2012 estabeleceu a obrigatoriedade do selo.

 

A partir do dia 28 de fevereiro os pais deverão ficar atentos à presença de um selo de certificação do Inmetro em materiais escolares como apontadores, borrachas, canetas e giz de cera, entre outros.

O selo atesta que o material passou por testes e atende aos requisitos necessários de segurança – para evitar acidentes físicos ou intoxicação – e de qualidade, garantindo que não se quebrem ou parem de funcionar facilmente.

A discussão sobre a certificação começou em 2010 e uma portaria publicada em maio de 2012 estabeleceu a obrigatoriedade do selo do Inmetro.

Porém, como o processo de certificação é demorado e para dar tempo para as indústrias, os importadores e o varejo se adequarem aos novos parâmetros, a medida só entrará em vigor no próximo mês.

Produtos como cola, lancheiras, réguas e canetinhas, entre outros também deverão trazer a certificação.

 

Alerta

Os órgãos de defesa do Consumidor lembram que itens de higiene e limpeza não podem ser incluídos na lista da material escolar que os pais têm de comprar.

Redação do Jornal Nova Imprensa Gazeta do Povo

Comentários

Sobre o autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Últimas Notícias