Ainda não há previsão de permissão de reabertura para as academias em Minas Gerais, de acordo com o informado pelo secretário adjunto de Saúde, Marcelo Cabral, em coletiva de imprensa na tarde desta terça-feira (11).

De acordo com ele, todo o Estado deve seguir a versão mais atualizada do Minas Consciente, que não prevê reabertura destes estabelecimentos. “Temos observado uma ansiedade em relação à abertura das academias, mas neste momento temos que priorizar o cuidado com a saúde. É importante ressaltar que a liberação de fluidos nas academias pode aumentar o risco de transmissão da doença”, explicou o secretário.

Ainda durante a coletiva, foi anunciado que as mortes pelo novo coronavírus em Minas Gerais estabilizaram no mês julho. Para o mês de agosto, segundo o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Carlos Eduardo Amaral, a previsão é de estabilidade com possibilidade até mesmo de queda. O secretário mostrou um gráfico com a evolução das mortes. 

“Quando vemos a data dos óbitos, durante o mês de julho, estamos com tendência à horizontalização, ou seja, não tem tido aumento significativo nem progressivo de óbitos diários (analisando-se as datas em que eles ocorreram). O final do gráfico à direita (onde é registrada uma queda) pode significar um atraso nos registros de óbitos, então não dá para levar ao pé da letra”, afirmou o secretário. As mortes não são notificadas exatamente no dia em que acontecem. 

O secretário disse ainda que em agosto há tendência de queda. “Nós também vemos que a tendência agora para agosto é um platô (ou seja, estabilidade) com ligeira tendência à queda. Eu não seria tão otimista agora de falar que nós já estamos com tendência à queda, mas, como esse gráfico mostra, é muito claro que nós não estamos com a data dos óbitos com uma tendência a crescimento”, complementou. 

Fonte: O Tempo Online

Imprimir
Comentários