Uma palestra com o tema ?valorização e regulamentação da profissão de fisioterapia na saúde suplementar de Minas Gerais? foi promovida no salão nobre ?Eunézimo Lima?, do Unifor, no dia 18 de fevereiro.

O evento foi coordenado pela diretoria do conselho regional de fisioterapia e terapia ocupacional do estado de Minas Ferais – 4ª Região (Crefito-4), com a parceria da Associação Mineira de Fisioterapeutas (AMF), do Sindicato Patronal das Empresas Prestadoras de Serviços de Fisioterapia (SEMPREFITO-MG), e do Sindicato dos Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais do Estado de Minas Gerais (SINFITO-MG).

A abertura da palestra foi feita pelo coordenador do curso de fisioterapia do Unifor, Professor André Carvalho Costa, que deu as boas-vindas aos palestrantes, aos alunos e profissionais da área e também falou sobre o objetivo do evento.

O diretor-secretário do Crefito 4, Anderson Luís Coelho, que é ex-professor do curso de fisioterapia do Unifor, enfatizou sobre a união de entidades ligadas à área para a valorização e resgate da dignidade da profissão de fisioterapeuta. Ele esclareceu sobre as competências do Conselho Regional de Fisioterapia, dos órgãos sindicais e da associação dos fisioterapeutas.

Durante sua explanação, o diretor-secretário do conselho regional também ressaltou que essas palestras para acadêmicos e profissionais da área estão sendo realizadas em todo o estado com o objetivo de buscar a regularização da fisioterapia e da terapia ocupacional na saúde suplementar e a valorização dessas profissões.

Anderson Luís Coelho destacou ainda questões como as novas exigências e prazos concedidos pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) às operadoras de planos de saúde, a fim de que contratos com os prestadores de serviços contemplem a forma de reajuste dos valores pagos, a inclusão das nomenclaturas das profissões, além de outros esclarecimentos pertinentes à regularização da fisioterapia e da terapia ocupacional na saúde suplementar.

O advogado do Crefito-4, Luiz Chimicatti, falou sobre as questões jurídicas relacionadas à fiscalização das profissões de fisioterapeuta e terapeuta ocupacional, enfatizou sobre as sanções, obrigações e direitos dos profissionais, comentou a respeito das resoluções do conselho federal de fisioterapia e terapia ocupacional e citou vários exemplos de casos fiscalizados pelo conselho regional de Minas Gerais ? 4ª região.

A associada da AMF Sabrina Mara dos Santos foi nomeada pela presidência da associação mineira de fisioterapeutas para representar a entidade na palestra realizada no Unifor. Ela apresentou o órgão, falou sobre assuntos de interesse dos acadêmicos e profissionais da área e da importância de buscarem a valorização da categoria.

print
Comentários