O governador de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho (PP), tomou posse na manhã desta sexta-feira (4), em sessão solene na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, em Belo Horizonte. Ele assume o cargo deixado por Antonio Anastasia, que saiu do governo para participar da campanha do senador Aécio Neves (PSDB), que é pré-candidato à Presidência da República.
Alberto Pinto Coelho atravessou o plenário cercado pelos Dragões da Inconfidência. Na entrada da Assembleia, ele foi cumprimentado por deputados e políticos mineiros. Participaram da solenidade autoridades estaduais, prefeitos e vereadores do interior. A solenidade foi presidida pelo presidente da Casa, deputado Dinis Pinheiro (PP).
Antes, Pinto Coelho deu declarações aos jornalistas presentes na assembleia, e disse que vai continuar as diretrizes do governo Anastasia. É um governo que da continuidade, que tem o mesmo norte, a mesma filosofia, os mesmos princípios e naturalmente, o que nós pretendemos é levar a cabo até dezembro deste ano o legado deixado pelo governador Antônio Anastasia, naturalmente imprimindo nosso ritmo às demandas da sociedade e buscando dar a serenidade aos programas e ações do governo, declarou.
O governador entregou a declaração de bens, e firmou o compromisso constitucional com leitura e assinatura do termo de posse.
Ao final da cerimônia, o governador segue para o Palácio da Liberdade, onde será realizada a solenidade de transmissão do cargo, com a presença do ex-governador Antonio Anastasia.
Renúncia de Anastasia
Em 18 de março deste ano, o ex-governador Antonio Anastasia anunciou a renúncia ao cargo para assumir a direção da campanha de Aécio Neves. Na realidade essa minha decisão decorre basicamente de dois fatores: primeiro o convite do senador Aécio Neves para participar de sua campanha presidencial, integrando o seu grupo que vai formular o programa de governo; em segundo lugar também para atender a legislação eleitoral e ficar disponível para uma eventual candidatura nas eleições deste ano, disse à época.
Perfil de Alberto Pinto Coelho
O vice-governador de Minas Gerais tem 68 anos e é formado em Administração. Nascido em Goiás, se mudou com a família para Minas Gerais aos três anos.
Em sua carreira, quase 30 anos foram dedicados a gestão de empresa estatal, com cargos administrativo, comercial, de planejamento operacional e marketing. Alberto Pinto Coelho exerceu quatro mandatos parlamentares, e foi líder dos governos Itamar Franco e Aécio Neves. Em 2009, foi reeleito presidente da Assembleia Legislativa de Minas, grande votação entre os parlamentares. Em 2010, foi eleito vice-governador na chapa de Antonio Anastasia.

Imprimir
Comentários