redação Últimas Notícias 

Um áudio e um texto circularam no aplicativo WhatsApp nessa quinta-feira (23) em Formiga. Neles uma mulher relata que quase foi vítima de um golpe dentro de uma agência bancária localizada no Centro da cidade.

De acordo com o relato da mulher, no momento em que ela estava usando o caixa eletrônico, um jovem se posicionou atrás dela como se estivesse esperando para usar o equipamento, porém, outros caixas estavam disponíveis no momento.

A mulher relatou que após terminar de usar o caixa, o jovem que estava atrás dela a chamou de volta e disse que havia um papel no caixa em que havia usado. Ela olhou o tal papel e estava escrito que era preciso atualizar a senha, caso ela não fizesse teria que pagar o valor de R$69,90 de multa. O jovem pegou o cartão da mulher e colocou novamente no caixa, mas ela disse que já tinha finalizado a transação.

Ainda de acordo com denunciante, ela chegou a colocar o dedo polegar no leitor de digital e em seguida na tela apareceu a solicitação para digitar a senha do cartão. A mulher desconfiou que poderia se tratar de um golpe e apertou a tecla encerrar. O suspeito perguntou se a operação tinha dado certo e disse ainda que ela precisava atualizar caso contrário a tela ficaria em aberto e ela pagaria a multa.

Quando a mulher estava saindo do caixa, outro indivíduo de boa aparência que estava no caixa ao lado que estava no caixa ao lado, a chamou e repetiu as informações passadas anteriormente pelo primeiro homem.

No áudio, a mulher relata ainda, que saiu da agência e fez sinal para o marido dela. Neste momento, um dos indivíduos seguiu sentido rua Silviano Brandão e o outro pelo sentido contrário.

Mais tarde, ela voltou ao banco e a gerente disse que realmente se tratava de um golpe, pois aquele papel não foi emitido pelo caixa eletrônico. O papel impresso apresentado pelos suspeitos é muito diferente do impresso do caixa eletrônico da agência, principalmente na cor. O do banco é de cor amarela e o que eles apresentaram eram na cor rosa. Ela disse que o cartão poderia ter sido clonado e alerta a população para ficar atenta a esse tipo de golpe.

Na agência, a gerente geral Luciana Gonçalves explicou que esse tipo de golpe está sendo cada vez mais comum e que as pessoas devem ficar atentas quando forem abordadas por estranhos. Os idosos devem ir até a agência bancária de preferência acompanhados ou solicitar a ajuda de funcionários que sempre estão identificados com crachá. Normalmente, esse tipo de golpe ocorre quando a agência bancária ainda está fechada ou no período noturno. Outro tipo de golpe é a clonagem de cartão.

O Últimas Notícias entrou em contato com a Polícia Militar para obter detalhes do caso e buscar mais informações.

O 13º Batalhão da PM orienta:

– Evite conversar com pessoas estranhas ou de pouco convívio, dentro ou fora do banco, sobre o seu salário ou a quantia a ser sacada.

– Quando necessitar de algum esclarecimento dentro de uma agência bancária recorra aos funcionários credenciados e que possuam identificação;

– Não peça orientações a estranhos.

-Não revele a senha para terceiros

-Em caso de dificuldade, comunique-se com funcionários do banco.

-Evite horários e locais de maior risco.

-Evite realizar saque de grandes quantias.

-Observe atentamente as pessoas em atitudes suspeitas próximas ao local. No caso de haver pessoas estranhas, saia e comunique a PM pelo 190.

-Lembre-se em caso de assalto, não reaja. Sua vida seu maior patrimônio.

-Os golpistas mudam de táticas todos os dias. Divulgar para todos é uma maneira de você participar da sua segurança e da segurança de sua comunidade.

Atualizada às 17h

print

Comentários