A aluna Lissandra Souza Machado, do 3º ano do curso técnico em Agropecuária Integrado ao ensino médio do IFMG campus Bambuí, conquistou a medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Agropecuária (OBAP) no ano de 2015.

Um dos principais objetivos da competição é estimular o ingresso de jovens do ensino médio/técnico integrado e técnico subsequente em carreiras técnico-científicas, incentivando a participação em atividades de iniciação científica, colocando-os em situações desafiadoras, estimulando a cooperação e a integração entre eles.

Esse bom resultado proporcionou outra grande oportunidade à aluna: representar o campus Bambuí na International Earth Science Olympiad (IESO), no Japão, entre 20 e 26 de agosto de 2016. A Olimpíada é uma competição científica anual voltada a alunos do ensino médio com menos de 18 anos, iniciada em 2007, na Coreia do Sul. O objetivo é incentivar estudantes no conhecimento das Ciências da Terra, tais como Geologia, Meteorologia, Ciência Ambiental e Astronomia Terrestre.

Lissandra relatou que a experiência foi uma das melhores que ela já teve, pois, além de contribuir para sua formação acadêmica, já que obteve muitos conhecimentos durante a participação do evento, também colaborou para o desenvolvimento pessoal dela.

A aluna mencionou também que a escola e os professores contribuíram com todo o seu conhecimento, preparação e apoio para a participação no evento, principalmente os professores do curso técnico em Agropecuária, que a preparam, através de seus ensinamentos, com uma excelente base sobre a área.

O professor Ivan Vieira destacou que a participação de Lissandra como membro da equipe representante do Brasil na (IESO) 2016 foi uma grande conquista. “Ela é uma excelente aluna e isso demonstra a qualidade do ensino de nossa instituição, onde todos os servidores estão sempre engajados em proporcionar aos estudantes uma educação de qualidade”.

Gislaine Pacheco Tormen, professora e orientadora de Lissandra, disse que a participação dos alunos na OBAP já é um bom parâmetro para avaliar o curso. Acrescentou ainda que “Lissandra foi medalhista de Ouro na OBAP 2015, o que fez com que ela participasse da IESO. Certamente, foi uma experiência única, onde pôde conhecer estudantes de outros países e levar o nome do IFMG-Campus Bambuí para lugares onde nunca poderíamos imaginar estar. E, para mim, é uma grande felicidade saber que o que ensinamos em sala de aula foi correspondido”, disse a professora.

 

 

(Foto: TV Bambuí)

 

Fonte: TV Bambuí ||

print

Comentários