Na quinta-feira passada (25), a coordenadora da Biblioteca Ângela Vaz Leão, do Unifor, Virginia Vaz, com o auxílio da bibliotecária Regina Celia Reis Ribeiro, apresentou aos alunos do 6º período de biblioteconomia o software Gnuteca.
A demonstração foi realizada no Laboratório de Informática 2 e contou com a presença da coordenadora do curso, Margarita Rodrigues Torres, e da responsável pela disciplina automação de unidades de informação, professora Suellen de Oliveira Reis.
Com o apoio do Departamento de Informática (DI), o Gnuteca foi disponibilizado nos laboratórios do Centro universitário, para que os professores do curso de biblioteconomia possam mostrar, na prática, como funciona a catalogação no formato MARC21 (catalogação legível por computador), como trabalhar no gerenciamento de um acervo e na configuração de políticas de circulação de material, além de outras funcionalidades que o sistema oferece. A instalação do programa foi feita pelo técnico em informática do DI, Rafael Júnior de Souza.
A coordenadora Virgínia Vaz ressaltou a importância do treinamento. ?É bom que os alunos, futuros bibliotecários, conheçam, a fundo, um software de gerenciamento de bibliotecas e, melhor ainda, que seja o utilizado pela biblioteca do Unifor. Passamos um pouco da nossa experiência com o Gnuteca, mostrando as características básicas necessárias a um sistema de gerenciamento de acervos. Dessa forma, os alunos terão subsídios para, depois de formados, poderem desempenhar bem suas atividades, seja na escolha de um software que atenda às necessidades da organização onde trabalhará ou no desempenho de suas tarefas no sistema já implantado em seu local de trabalho?, disse.
Gnuteca
O Gnuteca é um sistema para automação de todos os processos de uma biblioteca, independente do tamanho de seu acervo ou da quantidade de usuários. Pode ser utilizado tanto na gestão de pequenos acervos particulares, como para acervos de mais de cem mil exemplares. O sistema é utilizado pelo Unifor desde 2005, estando, atualmente, na versão 2.3.

Imprimir
Comentários