No dia 16 de novembro, os alunos dos 6o e 8o períodos de fisioterapia, acompanhados pelo prefessor Wellerson Costa Faria, responsável pelas disciplinas de fisioterapia traumato-ortopédica e hidroterapia, fizeram uma visita técnica ao Cruzeiro Esporte Clube, na Toca da Raposa II, em Belo Horizonte.
Segundo o professor, a atividade teve como objetivo proporcionar a vivência, in loco, do trabalho exercido pelos fisioterapeutas, na área traumato-ortopédica desportiva, e o modelo de reabilitação física desenvolvido pela equipe de um dos maiores clubes de futebol profissional do Brasil.
Além de acompanhar a atuação de toda a equipe de reabilitação voltada para atletas de elite, os visitantes tiveram a oportunidade de assistir a uma palestra sobre Reabilitação nas Lesões Desportivas, proferida pelo fisioterapeuta do Cruzeiro, André Rocha, e, em seguida, conheceram toda a estrutura do clube utilizada para a reabilitação fisioterápica dos jogadores, que, segundo o professor, é uma das melhores do país, chamada de C.A.R.E. (Centro Avançado de Reabilitação Esportiva), dotada de vários equipamentos modernos.
?Todos os alunos ficaram admirados com a receptividade e com a atenção a eles prestada. Ficaram motivados com o trabalho da fisioterapia dentro do clube, com a importância que é dada pelos atletas e dirigentes e o respeito com o qual os fisioterapeutas são tratados pelos demais membros da equipe médica, jogadores e funcionários. Eles ficaram empolgados em saber que o trabalho desenvolvido pela Fisioterapia Desportiva, no Brasil, é considerado, no meio esportivo, como um dos melhores do mundo, a ponto de atletas do exterior preferirem fazer a reabilitação aqui ou com fisioterapeutas brasileiros?, comentou o professor.
Ao final da visita, os alunos tiveram a oportunidade de conversar e tirar fotos com alguns jogadores que se encontravam em reabilitação, como o atacante Montillo (indicado para concorrer como um dos melhores jogadores do Campeonato Brasileiro 2011) e o volante Alisson.
O professor Wellerson Costa fala sobre a importância da atividade. ?Durante a vista, os alunos puderam ver e vivenciar a importância e a eficiência da fisioterapia no cenário desportivo de um grande clube de futebol profissional do país. A fisioterapia vem crescendo muito e sendo bastante respeitada no Brasil, em seus vários campos de atuação, produzindo profissionais sérios e competentes, que elevam a profissão, primando pelos seus direitos, porém, sem perder o foco nos seus deveres. Agradeço a atenção dos fisioterapeutas do Cruzeiro, André Rocha e João Salomão, que são meus conhecidos?, concluiu.

Imprimir