Em comemoração aos 50 anos de Brasília, a capital federal se mobiliza para sediar nos dias 15, 16 e 17 de setembro o IX Encontro Verde das Américas, o Greenmeeting, ?Conferência das Américas para o Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável?. O evento visa propor soluções sustentáveis para as principais questões socioambientais e econômicas do Brasil, das Américas e do mundo.
Segundo informações do site oficial do Greenmeeting, o encontro busca a contribuição e aprofundamento do debate sobre temas que impactam a gestão do desenvolvimento sustentável relacionados com as preocupações socioambientais, locais e globais, sem ter o objetivo ou o propósito de ditar normas ou diretrizes governamentais, mas sim, sugerir e propor metas que venham a contribuir na solução dos problemas.
Durante o encontro, estarão reunidas as principais lideranças nacionais e internacionais sobre meio ambiente e desenvolvimento sustentável, tanto governamentais, quanto não governamentais.
Entre os palestrantes, estará o ambientalista e jornalista Paulo Roberto Coelho da Rocha, atual secretário de Gestão Ambiental da Prefeitura de Formiga. Além de presidir uma das mesas de debates, Paulo Coelho ministrará uma palestra no dia 16 com o tema ?Aterro Sanitário: solução que garante o futuro?. Paulo Coelho faz parte da Comissão Científica do encontro, juntamente com outros grandes nomes relacionados ao meio ambiente.
O evento será gratuito e o público participante deve ser previamente credenciado. Os participantes, mediante frequência, receberão certificado de participação.
Prêmio Verde das Américas 2009
Além de outros acontecimentos, será feita a entrega do Prêmio Verde das Américas 2009. Entre os homenageados estão:
Cástor Cartelle Guerra – professor da UFMG; membro do conselho estadual do meio ambiente do estado de Minas Gerais, Presidente da fundação Biodiversitas e membro do conselho da fundação zoobotânica de Belo Horizonte. Foi consultor para a criação do Parque Nacional dos Dinossauros em Souza (PB) e do Museu de Caravelas (BA), e dá assessoria ao novo museu de ciências naturais da PUC-MG.
Thiago de Mello – um dos poetas mais influentes e respeitados no país, reconhecido como um ícone da literatura regional. Tem obras traduzidas para mais de trinta idiomas. Seu poema mais conhecido é Os Estatutos do Homem, em que o poeta chama a atenção do leitor para os valores simples da natureza humana.
Mercedes Bustamante – bióloga e professora da Universidade de Brasília (UnB), com doutorado em Geobotânica na Universitat Trier (Alemanha), é uma das cientistas que mais têm pesquisas sobre o Cerrado.
Carlos Fernando de Moura Delphim – engenheiro, arquiteto, paisagista favorito de Oscar Niemeyer, já fez para ele vários projetos como o do Memorial da América Latina, em São Paulo, do Superior Tribunal de Justiça, em Brasília, e da Universidade Norte Fluminense.Fez projetos de restauração em diversos jardim botânicos e outros órgãos de preservação do patrimônio cultural brasileiro.
Maria Elisa Costa – arquiteta, coordenadora do acervo da Casa de Lucio Costa no Rio de Janeiro, ex-presidente do IPHAN, também tem uma participação importante na produção editorial nacional.

print
Comentários