A Central de Regulação do SAMU recebeu um chamado às 01h27 deste domingo (29) para atendimento de um surto psiquiátrico, na Avenida Antônio Olímpio de Morais, Bairro Santa Clara, em Divinópolis.

Ao chegar no local a Unidade de Suporte Básico (USB) de Divinópolis realizou o atendimento de uma mulher, de 32 anos. Ela estava consciente, porém muito alterada, em surto psiquiátrico. Foram realizados os primeiros atendimentos, sendo a mulher medicada conforme orientação do médico regulador, e mesmo assim ainda continuou muito agitada.

De acordo com a equipe, quando ela já estava na ambulância para ser encaminhada para a UPA, o companheiro se alterou e deu um murro no vidro do lado direito da porta traseira da ambulância.

Estilhaços atingiram a Técnica de Enfermagem da equipe e a paciente que estava sendo atendida. As duas ficaram levemente machucadas. Ainda bem alterado, o homem pegou um pedaço de vidro e tentou entrar na ambulância dizendo que ia matar a paciente. A Polícia Militar estava no local e o conteve. O colocou na viatura e o encaminhou para a UPA.

Posteriormente a equipe da USB seguiu com a paciente para a UPA de Divinópolis.

Apesar do ocorrido, o atendimento à população não foi prejudicado, pois a ambulância foi substituída por uma reserva.

Imprimir
Comentários