O atendimento no Ambulatório da Dengue, no posto de saúde do bairro Rosário, se encerra nesta sexta-feira (28), devido à significativa redução das notificações de suspeita da doença. A justificativa é que já é possível o atendimento dos casos suspeitos pelas 14 unidades de saúde do município e pelo Pronto Atendimento Municipal (PAM).
Conforme dados apurados junto aos profissionais do ambulatório, de 28 de abril a 21 de maio, foram cerca de 800 atendimentos. A média era de 33 pacientes por dia. Esta semana, segundo funcionários do local, os atendimentos caíram para uma média de 15 a 20 diariamente.
De acordo com a coordenadora do Setor de Epidemiologia, Juliana Castro, as pessoas com suspeita de dengue devem procurar a unidade de saúde mais próxima de casa para realizar o atendimento. A coordenadora esclarece que, no mês de junho, inicia-se o período de baixa transmissão, que vai até dezembro, em que a vigilância dos casos suspeitos deve se tornar mais rigorosa.

print
Comentários