A América Latina e o Caribe registraram mais de 500 mil de casos da Covid-19 neste domingo (17), segundo balanço da agência de notícias France Presse feito com dados oficiais. O Brasil é o país mais afetado, com quase metade dessas infecções provocadas pelo novo coronavírus. A doença já matou mais de 28,4 mil pessoas nessa região.

Espanha registrou o menor índice de mortes diárias por Covid-19 desde 16 de março. Foram registradas nas últimas 24 horas 87 óbitos, fazendo com que o número total de mortes pelo novo coronavírus supere a marca de 27,6 mil.

A Rússia registrou menos de 10 mil novos casos de pessoas infectadas com coronavírus, pela terceira vez nesta semana. Porém, estabelecer uma curva descendente da pandemia com os números flutuantes de maio ainda é considerado prematuro. O país tem o segundo maior número de infectados no mundo, com 281.752. Críticos do governo consideram, porém, que há subnotificação de mortes, que já passam de 2,6 mil.

Na China, houve o registro de cinco novos casos – número menor do que os oito contabilizados no dia anterior. A Comissão Nacional de Saúde (NHC) informou que três dos cinco novos casos ocorreram por transmissão local, o que coloca o país em alerta para uma segunda onda de transmissão do coronavírus.

Em Madagascar, na África, houve o primeiro registro de morte por Covid-19 neste domingo (17). A vítima foi um médico de 57 anos que sofria de diabetes e pressão alta.

Casos pelo mundo

Em todo o mundo, mais de 4,6 milhões de pessoas foram diagnosticadas com Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus e mais de 312,2 mil pessoas morreram, de acordo com o levantamento feito pela universidade norte-americana Johns Hopkins.

No Brasil, o número de casos segue aumentando rapidamente. No sábado (16), o balanço do Ministério da Saúde registrava 15.633 mortes e 233.142 casos confirmados. Com isso, o Brasil passou para quarto lugar no ranking de países com o maior número de casos da Covid-19, superando a Espanha e a Itália.

Veja os números da universidade Johns Hopkins:

  1. Estados Unidos: mais de 1,467 milhão de casos confirmados / mais de 88,7 mil mortes
  2. Rússia: mais de 281,7 mil casos confirmados / mais de 2,6 mil mortes
  3. Reino Unido: mais de241,4 mil casos confirmados / mais de 34,5 mil mortes
  4. Brasil: mais de 233,5 mil casos confirmados / mais de de 15,6 mil mortes
  5. Espanha: mais de 230,6 mil casos confirmados / mais de 27,5 mil mortes
  6. Itália: mais de224,7 mil casos confirmados / mais de 31,7 mil mortes
  7. França: mais de 179,6 mil casos confirmados / mais de 27,5 mil mortes
  8. Alemanha: mais de 176,2 mil casos confirmados / mais de 7,9 mil mortes
  9. Turquia: mais de 148 casos confirmados / mais de de 4 mil mortes
  10. Irã: mais de 118,3 casos confirmados / mais de 6,9 mil mortes

Matéria do G1 – Bem estar

Imprimir
Comentários