Mais de um bilhão de pessoas celebram nesta terça-feira (5) o Ano Novo Chinês, seguindo o calendário lunar. Essa é a festa mais importante do calendário asiático, com berço na China, mas que também é comemorada em outros países da região. O ano começa na noite da lua nova mais próxima do dia em que o sol passa pelo 15º dia grau de Aquário. Em 2019, o ano novo chinês tem início no dia 5 de fevereiro.

Na China, o ano é relacionado aos 12 animais que, segundo a lenda, teriam atendido ao chamado de Buda para uma reunião e, em agradecimento, foram transformados em signos. Este ano é do porco. Também compõem a lista rato, búfalo, cobra, cavalo, carneiro, macaco, galo, dragão, tigre, touro e cachorro.

Acredita-se que o ano do porco será um bom ano para as colheitas e para resolver projetos pendentes.

Crianças brincam com mini porcos nesta terça-feira (5) em celebração do Ano Novo Chinês nas Filipinas (Foto: Bullit Marquez/AP Photo)

O ano novo chinês é a festa mais aguardada no país e dura cerca de duas semanas. Há rituais, festas e muita comemoração. Na véspera, os chineses limpam e arrumam a casa, cortam o cabelo, fecham as contas, presenteiam os deuses que protegem a casa, preparam as roupas, organizam a empresa e o comércio.

A cada ano, nestas datas, milhões de pessoas viajam a diversas partes do continente asiático para se encontrar com suas famílias, o que causa um dos maiores movimentos de população do planeta em uma mesma época.

Na China, a empresa ferroviária esperava transportar 413 milhões de pessoas no período do Ano Novo lunar (8,3% a mais que em 2018), segundo a agência de notícias Xinhua.

hineses tiram selfie durante celebrações do Ano Novo Chinês nesta terça-feira (5) em Guangzhou (Foto: Stringer/Reuters)

A cor vermelha predomina, pois simboliza a transformação e o movimento e a vida. O amarelo, roxo e o dourado também, pois, segundo as tradições, atraem a riqueza e a prosperidade. Por tradição, os chineses escrevem, neste período, os desejos com tinta preta em tiras de papel vermelho e penduram na porta de entrada.

No final da tarde de hoje o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, oferece uma recepção em Brasília para alguns convidados em celebração ao ano novo chinês.

 

Desfile comemora Ano Novo Chinês em Manila, nas Filipinas (Foto: Bullit Marquez/AP Photo)

 

Pernas de pau esperam para se apresentar em comemorações ao Ano Novo Chinês em Beijing (Foto: Mark Schiefelbein/AP Photo)

 

Desfile celebra o Ano Novo Chinês em Bangcoc, na Tailândia (Foto: Soe Zeya Tun/Reuters)

IMPRIMIR

Fonte:

Agência Brasil e G1