Portal O Tempo

Homens e mulheres poderão dividir a responsabilidade de tomar a pílula anticoncepcional em breve. Segundo a Parsemus Foundation, organização norte-americana que investe na produção do anticoncepcional masculino Vasalgel, o remédio deve chegar ao mercado em 2017.

Diferente da pílula, ele não será usado em doses diárias, mas em uma única aplicação que funciona por um longo período. O medicamento em gel não envolve tratamento hormonal e pode ser revertido.

A fabricante já está na segunda fase de testes com babuínos e até agora os machos que usaram o produto cruzaram com cerca de 15 fêmeas e, pela segunda vez, não engravidaram nenhuma delas.

 Agora, é preciso acompanhá-los para garantir que o efeito do Vasalgel será revertido e eles poderão voltar a fertilizar. A Parsemus já realizou testes bem sucedidos com coelhos. A próxima etapa, prevista para o ano que vem, prevê experiências com humanos.
Imprimir

Comentários