A Fifa anuncia neste domingo (31) as 12 cidades que receberão jogos da Copa do Mundo de 2014, a ser realizada no Brasil. O anúncio, que será feito às 15h30 (de Brasília) em Nassau, capital das Bahamas, terá transmissão ao vivo da TV Globo e do SporTV.
Nove cidades já estão praticamente garantidas, tanto pelo projeto que apresentaram à Fifa quanto pela sua tradição no futebol: Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília, Curitiba, Recife, Fortaleza e Salvador.
Sobram três vagas. Uma estaria entre duas cidades do Pantanal, Cuiabá e Campo Grande, com vantagem para a primeira. Outra vaga seria a sede da Amazônia, e neste caso Manaus parece estar na frente de Belém. A última ficaria com Natal, que levaria a melhor sobre Goiânia, Florianópolis e Rio Branco.
O anúncio será feito em reunião do comitê da Fifa no país da América Central, durante uma entrevista coletiva com Ricardo Teixeira, presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), e dois representantes da organização máxima do futebol mundial: o presidente Joseph Blatter e o secretário-geral Jérôme Valcke.
A cidade que não for indicada poderá participar da Copa do Mundo com as alternativas que a competição oferece, como centros de treinamentos para as seleções e outros eventos específicos.
Duas brigas estão em jogo: o direito de receber a partida inaugural e a decisão. Já existe um consenso de que o último jogo será no Maracanã, assim como no Mundial de 1950. A abertura poderia ser no Mineirão ou no Morumbi. Correndo por fora nessa disputa, ainda há o Mané Garrincha – que será batizado de Estádio Nacional de Brasília após a sua reconstrução.
Para o diretor de futebol do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes, a abertura deverá ser em São Paulo e o encerramento no Rio.

Imprimir
Comentários