Redação Últimas Notícias

A Usina de Separação e Triagem de Lixo (USTL), localizada próxima à portaria do Aterro Sanitário Marcelo Reis voltará a operar na próxima semana, cerca de um mês e meio.

A interrupção dos trabalhos se deu no dia 16 de setembro, após um incêndio criminoso, de grandes proporções, destruir parte da elétrica e várias baias de armazenamento de materiais.

Após o incêndio, ao avaliar os danos, foi constatado que a parte estrutural do galpão não estava comprometida e que o maquinário não havia sido danificado; apenas a esteira de borracha, que foi substituída por outra, sendo adquirida pela própria Associação dos Catadores que trabalha de forma terceirizada no local.

De acordo com a administração municipal, como foram impedidos de trabalhar, os servidores da usina receberam assistência por parte das Secretaria de Desenvolvimento Humano.

Já as pastas de Gestão Ambiental e Obras e Trânsito iniciaram os reparos, aplicando recursos próprios, pintando o galpão e limpando todo o entorno.

A previsão é de que os trabalhos sejam retomados na próxima terça-feira (3).

Relembre o caso
Segundo relatos de pessoas que estavam no local, um homem que trabalhava na usina encontrou um rojão e soltou o artefato, que não explodiu e caiu aceso em uma mata próximo à portaria do aterro.

A vegetação seca pegou fogo e as chamas se espalharam rapidamente. Com o vento, o incêndio avançou, atingindo também a usina de triagem.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e os militares eliminaram todos os pontos de incêndio.

As polícias Militar e de Meio Ambiente registraram a ocorrência. O autor do incêndio foi identificado e preso em flagrante, pelos policiais.

Imprimir
Comentários