A colocação das placas de identificação nas ruas e residências do bairro Geraldo Veloso teve início na terça-feira (24). A ação é buscar a regularização das entregas de correspondências e encomendas no bairro, pelos Correios.
Em janeiro deste ano, os moradores chegaram a fazer um abaixo-assinado solicitando os serviços naquela localidade.
Na época, a população local procurou o vereador Mauro César que, a par da situação, enviou ofício ao diretor regional dos Correios em Minas Gerais, José Pedro de Amengol Filho, solicitando empenho para a viabilização de entrega postal domiciliar.
Em resposta, o diretor explicou que o bairro não atendia integralmente os critérios contidos no artigo 2º da portaria 567/2011, do Ministério das Comunicações, como placas indicativas, numeração ordenada e caixa receptora.
O problema foi pauta de matéria do jornal, no dia 30 de janeiro. Na época, procurado pela redação o secretário de Planejamento e Regulação Urbana, Rafael Tomé explicou que de acordo com a construtora responsável pelo empreendimento, a D?Ávila Reis, o mesmo problema já aconteceu nos bairros Vila Nova das Formigas e Nova Conquista.
De acordo com o supervisor de Compras da Construtora D?Ávila Reis, Carlos Henrique, quando as casas do bairro foram entregues, os números das casas e o nome das ruas estavam fixadas nas fachadas dos imóveis. No entanto, com a construção de muros pelos moradores, os números não ficaram visíveis para a rua. A previsão é que os trabalhos sejam concluídos nos próximos 10 dias.
Rafael Tomé explicou ainda que esse é um problema que o bairro vem enfrentando desde 2013. ?A Secretaria de Planejamento, não medirá esforços para conseguir essa grande conquista para a população daquele bairro? afirmou.

Imprimir
Comentários