Após a veiculação, na quarta-feira (3), de uma matéria no portal Últimas Notícias relatando a indignação de motoristas com a situação da pista de rolamento do Terminal Rodoviário, a Secretaria de Obras iniciou na quinta-feira (4) a operação tapa-buracos naquela região.
Buracos e rachaduras tomaram conta de todo o espaço, após as chuvas que caíram no final de semana passado, aumentando o risco de acidentes.
Motoristas de transporte público, que passam pelo local, várias vezes ao dia, assim como os taxistas que trabalham no Terminal ficaram inconformados com o descaso da Prefeitura com a via. Para eles, o estado em que se encontrava a Rodoviária é revoltante. ?É uma vergonha a situação em que se encontra o Terminal, os buracos estão tão grandes que não há como desviar dessas ?armadilhas?. Além de estragar os ônibus, corremos o riso de sofrer acidentes ao tentar desviar dos buracos?, disse um motorista.
Não é só a situação do Terminal Rodoviário que revoltou os motoristas, mas a falta de sinalização na cidade. ?A Prefeitura está colocando quebra-molas por toda a cidade, mas não está instalando placas de sinalização informando sobre a existência das lombadas. Algumas semanas, um dos motoristas passou por uma rua onde acabaram de colocar um quebra-molas e como não havia sinalização ele passou direto. O cobrador que estava no ônibus bateu com a cabeça na janela e levou três pontos. Na semana passada tivemos o mesmo problema com a sinalização, só que neste caso, o dano foi no veículo que teve as suspensões traseiras danificadas?, declarou um dos profissionais.
A Prefeitura explicou que a operação tapa-buracos está sendo realizada em vários pontos da cidade com o objetivo de evitar o aumento dos buracos nos períodos chuvosos.
De acordo com o encarregado de obras da Secretaria de Obras, Raimundo José Barbosa, a meta da Secretaria é melhorar todas as ruas da cidade que estão comprometidas.
Raimundo informou ainda que o próximo bairro a receber a operação será o Santo Antônio. Cerca de dez funcionários estão empenhados na conclusão do serviço.

print
Comentários