Da Redação*

Na noite do último sábado (6), foram registrados 63.8 milímetros de chuva em menos de uma hora de precipitação em Formiga.

O grande volume de chuva, além de provocar estragos no calçamento de várias ruas, aumentou o volume de água dos rios e provocou o rompimento de galerias na rua Amazonas, no bairro Sagrado Coração de Jesus.

De acordo com informações da secretária executiva da Defesa Civil de Formiga, Vera Moreira, as áreas de risco da cidade já foram mapeadas antes do início do período chuvoso. Essas áreas são as que estão localizadas nas proximidades de rios e córregos, bem como as que estão abaixo de encostas (barrancos).

Vera Moreira explicou que o monitoramento dessas áreas está sendo intensificado, mas o cuidado mais importante deve ser tomado pelos moradores que têm consciência de que construíram em local inseguro.

“Orientamos cuidado e atenção redobrada com relação ao aparecimento de rachaduras no solo por exemplo”, comentou Vera que está monitorando a situação do município nas Estações Meteorológicas Automáticas, mas depois de segunda-feira (8), não foram registrados índices pluviométricos altos na cidade.

Imprimir
Comentários