A campanha Faça Bonito é uma conquista que marca a luta pelos direitos humanos de crianças e adolescentes. O dia 18 de maio é dedicado ao dia nacional do combate ao abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes, conforme lei federal nº 9970/00, devido ao crime bárbaro que chocou o Brasil em 1973, no qual uma criança de 8 anos de idade, chamada Araceli, foi lamentavelmente drogada, espancada, abusada e morta por membros de uma tradicional família capixaba, em Vitória/ES. Tal crime ficou impune, deixando várias pessoas revoltadas até hoje.

A flor é o símbolo da Campanha de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Infanto-juvenil e, juntamente com a cor amarela, representam a lembrança dos desenhos da primeira infância, além de associar a fragilidade de uma flor com a de uma criança.

O objetivo da campanha é fortalecer educadamente, tentando conscientizar e alertar a sociedade para os tipos de violência e exploração sexual contra crianças e adolescentes. Em casos de suspeita, a população poderá denunciar através dos canais citados abaixo e, posteriormente, as denúncias serão encaminhadas para o Creas, onde as equipes irão atender paralelamente.

Nesse sentido, o Centro de Referência Especializado da Assistência Social  (Creas) realizará alguns trabalhos ao longo desta semana, como forma de mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade arcoense a participar dessa luta.

Nesta quarta-feira (15) uma atividade de conscientização será promovida na Escola Municipal Dorvina Teixeira Arantes; na quinta (16)  haverá blitz educativa na BR 354, próximo ao Restaurante “O Pulo Do Gato”. Ainda durante a semana serão realizadas entrevistas nas rádios locais com discussão do tema.

 Fique atento! Saiba onde denunciar:

 

  • Disque Direitos Humanos: Ligue 100 (podendo ser no modo anônimo) ou 0800-031-1119
  • Conselho Tutelar de Arcos – (37) 3351-7285 /99105-2943
  • Delegacia Civil – Praça Floriano Peixoto, Centro.
  • Polícia Militar: ligue 190
IMPRIMIR

Fonte:

Prefeitura de Arcos