Vigilância Epidemiológica de Arcos identifica dois casos de dengue
SAÚDE – Dois casos de dengue foram identificados pela Vigilância Epidemiológica de Arcos. Segundo investigações realizadas pelo setor, trata-se de arcoenses que contraíram a doença em cidades da região. Outros quatro casos suspeitos foram notificados e aguardam resultados de exames realizados pela Fundação Ezequiel Dias (Funed), em Belo Horizonte, que devem sair em quinze dias.
De acordo com o último levantamento de índices, realizado em janeiro deste ano pela Vigilância Epidemiológica de Arcos, a cidade possuía 1,1% de infestação por larvas de mosquitos Aedes aegypti, transmissor do vírus da dengue. O índice é considerado sob controle pelo Ministério da Saúde.
O coordenador de endemias, Geraldo Aparecido de Moura, afirma que a população deve estar em alerta para evitar a proliferação do mosquito. ?Estamos controlando os focos, mas é preciso que as pessoas estejam em alerta porque estamos convivendo com o mosquito e com os criadouros de larvas, que muitas vezes aparecem por descuido da própria população?.
O supervisor do programa de combate à dengue, Luciano Carrilho, diz que a maioria dos locais de infestação são os terrenos baldios, os depósitos de água, como caixas d?água e tambores destampados. ? Nos terrenos, a água se acumula no lixo reciclável que as pessoas costumam jogar, situação que poderia ser evitada se estes resíduos fossem para a coleta seletiva,por exemplo?.
Luciano Carrilho chama a atenção para a participação da população no controle da dengue. ? Para impedir o avanço da dengue, devemos controlar a proliferação das larvas do mosquito. Isso é possível evitando o acúmulo de água no lixo, em calhas, lajes e em vasos de plantas. Além disso, as caixas d?água , tonéis e depósitos devem ser tampados, não só para evitar o desenvolvimento das larvas do mosquito, mas para manter a higiene dos reservatórios?, salienta o supervisor. Os bairros de Arcos com maior índice de infestação são Centro, Bairro Cruzeiro, Jardim Bela Vista e Mangabeiras.

Imprimir
Comentários