O secretário de Estado de Esportes, Arnaldo Gontijo, recebeu nesta terça-feira (12), a Medalha Presidente Juscelino Kubitschek como reconhecimento pelo trabalho desenvolvido à frente do órgão, em prol do esporte e dos municípios do interior do Estado.

A honraria foi entregue pelo governador Fernando Pimentel em solenidade realizada na cidade de Diamantina. “Fico muito feliz pelo reconhecimento, isso só me dá mais forças para continuar o trabalho. Venho do interior e conheço as dificultadas enfrentadas por quem está longe dos centros urbanos. Procuro me aproximar das prefeituras para entender os entraves de cada gestor para juntos desenvolvermos alternativas viáveis para atender a população”, afirma o homenageado Arnaldo Gontijo.

A medalha destina-se a premiar o mérito cívico de personalidades e entidades que tenham prestado serviços de excepcional relevância à coletividade do município, do estado e do país. A condecoração foi criada pela Lei nº 11.902, de 5 de setembro de 1995, e entregue pela primeira vez em 1996. A comemoração coincide com o aniversário de nascimento do ex-presidente da República.

Foto: Seesp/Divulgação

Arnaldo assumiu a Secretaria de Estado de Esportes de Minas Gerais em maio deste ano. Sua gestão no órgão é alicerçada pela criatividade e inovação, com foco no fortalecimento da cadeia produtiva do esporte em Minas Gerais, aumento da adesão da população pela prática de atividade física, além da motivação para atletas e técnicos representarem o Estado em competições nacionais e até internacionais.

Ele é natural de Coronel Fabriciano, foi criado em Abaeté e na juventude mudou-se para Formiga, onde se fixou como empresário, assumiu a presidência do Formiga Esporte Clube (FEC) e iniciou na vida pública.

Há mais de dez anos assumiu uma empresa familiar do setor de engenharia, especializada nas áreas industrial, de prospecção mineral e de energia. Durante sua gestão a empresa expandiu a atuação para além do Oeste de Minas Gerais rumo a outros cinco estados brasileiros. Além da gestão financeira, Arnaldo administrou uma equipe de 2.500 colaboradores. Sua gestão empreendedora foi reconhecida por prêmios nacionais e internacionais como do Latin American Quality Institute (LAQI), do Top of Business e do World Confederation of Businesses.

Em 2012 foi eleito vereador de Formiga com 1.436 votos, sendo o 4º mais votado na cidade. Entre os projetos aprovados em seu mandato estão o Projeto de Lei (PL) Boina de Ouro, o qual propõe uma homenagem aos membros da Polícia Militar, da Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros, dos Agentes Penitenciários e da Guarda Municipal que tenham se destacado em suas respectivas funções, contribuindo para a segurança da cidade; além da proposta de implantação de ginástica laboral nas repartições públicas municipais. Outro PL aprovado prevê a redução da carga horária dos servidores públicos municipais que sejam pais ou responsáveis legais por Pessoa Com Deficiência (PCD), a qual requeira atenção permanente.

Em 2014 disputou a eleição para deputado estadual, foi votado em 471 municípios de Minas Gerais e obteve a aceitação de 40.717 eleitores, sendo 22.172 de Formiga, o que representou 67% dos votos nominais da cidade.

Entre 2015 e abril de 2017 presidiu o Formiga Esporte Clube. Quando adequou o estádio sede do clube às exigências do setor, equipou a estrutura física com equipamentos adequados para o futebol profissional, bem como para a categoria de base. Conheceu e vivenciou a difícil realidade dos clubes interioranos, que com poucos recursos lutam para participar de campeonatos, movimentam a economia local, e ainda assim, conseguem se fixar em suas comunidades como uma ferramenta de inclusão social para as crianças e adolescentes.

Em 2016 assumiu a secretaria municipal de Obras e o posto de interino na Gestão Ambiental da Prefeitura de Formiga. Acredita na governança pública integrada, construída com representantes da sociedade junto com os servidores públicos e especialista nas diversas frentes como saúde, educação, segurança e esportes. Em sua opinião a gestão pública deve “emanar do povo para o povo”, por essa razão, se mantém aberto para ouvir as propostas da sociedade.

IMPRIMIR
Fonte:

Secretaria de Comunicação Seesp