A arrecadação de impostos e contribuições federais chegou a R$102,245 bilhões em novembro. Na comparação com novembro de 2015, houve um pequeno aumento real (descontada a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – IPCA) de 0,1%.

No acumulado do ano, a arrecadação continua em queda. De janeiro a novembro, chegou a R$1,162 trilhão, com queda real de 3,16% em relação ao mesmo período de 2015. As informações foram divulgadas nesta terça-feira (20) pela Secretaria da Receita Federal.

Novembro foi o segundo mês consecutivo de crescimento da arrecadação tributária. Em outubro, o governo arrecadou R$148,7 bilhões, o maior volume de recursos já registrado para o mês. O resultado foi impulsionado pelo programa de regularização de ativos, também conhecido como repatriação.

O chefe do Centro de Estudos Tributários e Aduaneiros da Receita Federal, Claudemir Malaquias, concede entrevista esta tarde sobre os dados da arrecadação de novembro.

IMPRIMIR