? No período, foram arrecadados R$ 443 bilhões, segundo Receita Federal.
Segundo órgão, arrecadação já avançou R$ 42 bilhões até agosto.
? Mesmo sem a CPMF, arrecadação federal sobe 10,4% e bate recorde no semestre
A arrecadação de impostos e contribuições federais, o que inclui as demais receitas (royalties e concessões, entre outros) além da arrecadação previdenciária, somou R$ 443 bilhões de janeiro a agosto deste ano, novo recorde histórico para o período, informou nesta quinta-feira (25) a Secretaria da Receita Federal.
Com isso, a arrecadação teve crescimento real, isto é, em valores corrigidos pela inflação, de 10,3% no acumulado deste ano, o equivalente a R$ 42,3 bilhões, sobre os oito primeiros meses do ano passado. O valor já ultrapassou o que o governo esperava arrecadar somente com a CPMF – derrubada pelo Congresso -, em todo o ano de 2008 (R$ 40 bilhões).

print
Comentários