As atividades do Castramóvel terão início em Formiga, que é a cidade-base responsável por uma unidade, na próxima quinta-feira (1º).

O veículo, equipado com material necessário para procedimentos de castração de animais, foi adquirido pela Associação Regional de Proteção Ambiental (Arpa), que junto a prefeituras de cidades da região, atendeu à proposta do Ministério Público de firmar um Termo de Compromisso Positivo (TCP) e promover ações para o controle populacional de cães e gatos.

Além de Formiga, o Castramóvel atenderá Cláudio, Carmo do Cajuru, Itapecerica, Camacho, Pimenta, Córrego Fundo, Pedra do Indaiá e São Sebastião do Oeste.

Na sexta-feira (26), representantes desses municípios estiveram na sede da UAB e participaram da última reunião que discutiu o início do primeiro ciclo de castração de cães e gatos. O presidente da Arpa, José Fernandes de Paula, também esteve presente no encontro.

Segundo ele, a Arpa adquiriu duas unidades do Castramóvel, uma tendo como cidade-base Formiga e outra Arcos. Cada uma dessas cidades-base ficarão responsáveis pelo gerenciamento das unidades, que percorrerão os municípios de cada micro-região.

De acordo com a secretária de Gestão Ambiental, Giovana Borges, desde setembro do ano passado, vem sendo realizadas reuniões para tratar essa proposta do Ministério Público. “A Arpa adquiriu o Castramóvel e os municípios que firmaram o TCP terão que fornecer equipe e materiais veterinários para realizar as castrações. Esse primeiro ciclo começará em Formiga e seguirá para as outras cidades. Quando ele for finalizado, iniciaremos outro. Cada ciclo deverá levar cerca de dois meses”, explicou.

Giovana informou ainda que o Castramóvel ficará em Formiga até o dia 10 de fevereiro. “Começaremos o trabalho no Centro e depois iremos para os bairros da cidade. A previsão é de castrar aproximadamente 30 animais por dia”.

Encontro entre representantes de vários municípios ocorreu na sede da UAB na sexta-feira

 

Fonte: Decom/Formiga ||

Imprimir

Comentários