Está longe de ser o que a torcida esperava, principalmente após um início de competição com o time brigando na parte de cima da tabela. Mas depois de assegurar sua permanência na Série A no último domingo (1), com a vitória de 2 a 1 sobre o Corinthians, no Independência, o Atlético garantiu o máximo que conseguiria buscar nesta reta final de Brasileirão, que é uma vaga na Copa Sul-Americana de 2020. E ela veio com os 2 a 0 sobre o Botafogo, nesta quarta-feira (4), no Mineirão, na última partida do Galo como mandante no torneio.

Superior ao adversário desde o início do confronto, o time de Vagner Mancini viveu mais uma vez, principalmente, da qualidade do meia Cazares. E foi dos seus pés que nasceu o primeiro gol. Após roubar uma bola no meio, o lateral-direito Guga, que de vaiado, por causa da polêmica envolvendo o Flamengo, passou a ser aplaudido, lançou o equatoriano que entrou na área, fintou um adversário, que chegou a cair no chão, e tocou para Jair marcar. Isso já aos 40 minutos do primeiro tempo.

Antes, aos 33, o zagueiro Réver já tinha feito um gol de cabeça, anulado pelo VAR por impedimento. Neste momento, o meia Marquinhos, após choque de cabeça com o lateral Lucas Barros, deixou o gramado dando lugar a Luan.

E foi o Menino Maluquinho quem decretou a vitoria alvinegra. Aos 23 minutos da etapa final, após boa jogada de Patric pela esquerda, ele completou de cabeça para a rede de Gatito Fernández.

A partir daí, o jogo ficou ainda mais aberto. O Botafogo incomodou mais e fez Cleiton mostrar sua qualidade fazendo boas defesas e garantido o 2 a 0 que coloca o Galo na Copa Sul-Americana.

O Atlético encerra sua participação na Série A do Campeonato Brasileiro no próximo domingo (8), quando enfrenta o Internacional, às 16h, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

A ficha do jogo

ATLÉTICO 2
Cleiton; Guga, Réver, Igor Rabello e Patric; Zé Welison e Jair (Vinícius); Otero, Cazares e Marquinhos (Luan); Di Santo (Geuvânio).
Técnico: Vagner Mancini

BOTAFOGO 0
Gatito Fernández; Marcinho, Marcelo Benevenuto, Joel Carli e Lucas Barros; Cícero (Wenderson), João Paulo, Leonardo Valencia (Luís Henrique) e Luiz Fernando (Vinícius Tanque); Diego Souza e Rhuan.
Técnico: Alberto Valentim

DATA: 4 de dezembro de 2019
LOCAL: Mineirão
MOTIVO: 37ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
GOLS: Jair, aos 40 minutos do primeiro tempo; Luan, aos 23 minutos do segundo tempo
ARBITRAGEM: Leandro Pedro Vuaden, auxiliado por José Eduardo Cauza e Jorge Eduardo Calza, todos do Rio Grande do Sul
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral, do Rio Grande do Sul
CARTÕES AMARELOS: Cícero, Luiz Fernando e Diego Souza (Botafogo)
PÚBLICO: 27.924
RENDA: R$ 162.095,00 

Imprimir

Fonte:

Hoje em Dia