Segue a má fase do Atlético na temporada. Jogando em Santa Fé, na Argentina, o Galo foi derrotado por 2 a 1 pelo Colón, nessa quinta-feira (19), no estádio Cemitério de Elefantes, e saiu em desvantagem nas semifinais da Copa Sul-Americana.

Chará abriu o placar para o Alvinegro, aos 36 minutos do primeiro tempo. Morelo, aos seis, e Rodríguez, aos 40 minutos da segunda etapa, viraram o marcador para a equipe argentina.

Para avançar à decisão do torneio, basta ao Atlético uma vitória simples, por 1 a 0, no duelo de volta, marcado para a próxima quinta-feira (26), às 21h30, no Mineirão.

Um triunfo por 2 a 1 leva a decisão por pênaltis. Caso o Colón marque mais de um gol, o Alvinegro terá que vencer por dois de diferença.

O revés em Santa Fé foi o quinta seguido do Galo na temporada, somando as partidas pelo Campeonato Brasileiro e pela Sul-Americana.

O jogo

A esperada pressão do Colón sobre o Atlético nos minutos iniciais, não se concretizou.

Bem postado em campo, o Galo ofereceu poucos espaços para o time argentino no primeiro tempo.

As intervenções do goleiro Cleiton se limitaram ao corte de bolas alçadas na área.

Já o ataque alvinegro, apesar da pouca inspiração, incomodou o rival pela boa movimentação.

A disposição da linha de frente do Galo foi premiada aos 36 minutos.  Após troca de passes entre Vinícius e Elias, que tentou achar Chará na entrada na área, a bola sobrou para o zagueiro Ortiz, que tentou dar um chutão, mas foi travado pelo atacante colombiano e viu a bola morrer no fundo das redes de Burian.

Foi o segundo gol de Chará na Sul-Americana.

Segundo tempo

O Colón iniciou a segunda etapa mais ativo, incomodando mais o Galo.

Logo aos seis minutos, após cobrança de escanteio, Escobar desviou na primeira trave, e Morelo empurrou para as redes, empatando o duelo.

Empolgado pelo gol, o time argentino continuou ocupando mais o campo de defesa do Alvinegro.

Aos 19 minutos, o primeiro lance de perigo do Atlético no segundo tempo. Vinícius aproveitou rebote na entrada da área, finalizou com força, e Burián espalmou para escanteio.

Quando o Galo havia conseguido frear o ímpeto do Colón, e equilibrar o jogo, os donos da casa viraram o marcador.

Aos 40 minutos, Morelo avançou pela esquerda, cruzou para Zuqui, que bateu cruzado e achou Rodríguez, que desviou para o gol, livre, dentro da pequena área.

Imprimir