Acabou o tabu. Depois de ficar 29 anos sem vencer o Internacional jogando em Porto Alegre, o Atlético bateu o Colorado por 3 a 1, na noite deste domingo, no Estádio Beira-Rio, e assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro. Maicosuel (2) e Thiago Ribeiro fizeram os gols do Galo, Lisandro descontou para os gaúchos.

Ainda sem poder contar com Dátolo, que se recupera de contusão, e Guilherme, que está sendo negociado para o futebol mexicano, o técnico Levir Culpi decidiu manter o esquema com dois volantes com a escalações de Rafael Carioca e Leandro Donizete. As novidades na equipe foram as entradas de Carlos César no lugar de Patric, que está negociando sua transferência para o futebol turco, e Maicosuel no lugar de Carlos, que deve ir para a Rússia.

O Atlético começou a partida cometendo muitos erros de marcação e dava espaços para o Internacional, que tocava bem a bola no meio-campo e chegava em velocidade ao ataque. Maicosuel e Giovanni Augusto, que deveriam ser os responsáveis por ajudar na criação das jogadas ofensivas, não apareceram bem no jogo, enquanto que o argentino Lucas Pratto estava isolado na frente.

Com mais posse de bola, o Colorado criou boas chances em finalizações de D´ Alessandro e Anderson, que passaram próximos do gol atleticano. O time gaúcho só não marcou o gol aos 40 min porque Vitor salvou o alvinegro em uma finalização de Lisandro López. A melhor oportunidade alvinegra na partida na etapa inicial saiu em uma finalização de Pratto, que o goleiro Muriel defendeu parcialmente, no rebote, Maicosuel bateu em cima de um defensor.

O Atlético voltou melhor para a etapa complementar. Tocando a bola com mais qualidade no meio-campo, o Galo chegava em velocidade ao ataque e aos 13 min abriu o placar. Depois de uma tabela com Giovanni Augusto, Maicosuel recebeu na área e bateu na saída do goleiro.

A partir dos 16 min, o Internacional jogou com um menos após a expulsão do volante Anderson, que levou o vermelho depois de reclamar da arbitragem.

Com mais posse de bola, o Atlético ampliou a vantagem aos 31 min. Douglas Santos tocou para Maicosuel, que bateu na saída do goleiro para ampliar. Sem conseguir ameaçar uma reação o Inter sofreu o terceiro gol aos 34 min. Rafael Carioca cruzou da esquerda e Thiago Ribeiro não perdoou. O gol de honra do Colorado foi marcado aos 40 min com Lisandro.

 

Cruzeiro também venceu

cruzeiro

A vitória do Cruzeiro sobre o Atlético-PR no sábado, por 2×0, não mascarou as necessidades de evolução no time celeste. Após o jogo deste sábado, o técnico Vanderlei Luxemburgo lembrou das dificuldades que sua equipe teve durante a partida.

“Tivemos um certo nervosismo no início, em função da nossa posição na tabela e até das cobranças que aconteceram. Só depois que o time encaixou e teve um domínio completo diante de um Atlético tático e veloz”, comentou Luxemburgo.

Para o comandante, o resultado, que coloca fim na sequência de três derrotas seguidas, dá mais tranquilidade para o próximo jogo, quinta-feira, contra o Fluminense.

“Vamos jogar contra um bom adversário, em um campo bom, com mais tranquilidade para sair desta situação. Esta vitória foi fundamental e tivemos boas chances de gol”, completou. 

Redação do Jornal Nova Imprensa

print
Comentários