Pouco mais de dois meses depois do duelo de ida da semifinal da Libertadores (ocorrida em 21 de setembro), o Atlético estará de volta ao Allianz Parque para mais uma partida decisiva, contra o Palmeiras, nesta terça-feira (23), às 21h30. A circunstância, no entanto, é totalmente diferente, não apenas por se tratar de um duelo de Campeonato Brasileiro, mas também porque o embate tem cara de “final” somente para o lado alvinegro.

Enquanto o líder Galo busca um triunfo para, no mínimo, manter a diferença de oito pontos de vantagem sobre o Flamengo (74 a 66), o Verdão deverá utilizar uma equipe alternativa, por não ter mais chance de título no torneio por pontos corridos e por estar com as atenções voltados para a decisão da Libertadores, justamente diante do Urubu, no sábado (27), em Montevidéu.

O jogo desta terça reservará um cenário similar ao de uma semana atrás. Na ocasião, o Atlético enfrentou o Athletico-PR, que, assim como o Palmeiras, também tinha como foco uma final de competição internacional (no caso, a Sul-Americana), quatro dias depois, e num campo de grama sintética.

Ante os reservas do Furacão, na Arena da Baixada, o Galo venceu por 1 a 0, com gol de Zaracho, e emplacou, ali, a quarta vitória consecutiva no Brasileiro. Quatro dias depois, o time paranaense conquistou a taça da Copa Sul-Americana, ao levar a melhor em cima do Bragantino, por 1 a 0, com tento de Nikão.

Para o volante Jair, a tendência é a de que esta partida contra o Palmeiras tenha um nível de dificuldade próximo ao do confronto com o Furacão. “Não tem jogo fácil. (Os jogadores do Verdão) estão mais acostumados a jogar no campo sintético. E independentemente de quem vai jogar, é o Palmeiras. E é muito importante para a gente vencer”, comentou.

Fora de casa

O Atlético é o segundo melhor time visitante no Brasileirão, com 58,33% de aproveitamento (oito vitórias, quatro empates e quatro derrotas), atrás somente do Flamengo, com 60,42% (oito triunfos, cinco igualdades e três reveses).

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS X ATLÉTICO

PALMEIRAS
Jailson, Marcos Rocha (Gabriel Menino), Kuscevic, Renan e Jorge; Patrick de Paula, Danilo Barbosa e Matheus Fernandes; Wesley, Gabriel Veron (Breno Lopes) e Deyverson (Willian)
Técnico: Abel Ferreira

ATLÉTICO
Everson; Mariano, Nathan Silva, Alonso e Arana; Allan, Jair e Zaracho; Keno, Diego Costa e Hulk
Técnico: Cuca

DATA: 23 de novembro de 2021 (terça-feira)
HORÁRIO: 21h30
LOCAL: Allianz Parque
CIDADE: São Paulo (SP)
MOTIVO: 35ª rodada do Campeonato Brasileiro
ARBITRAGEM: Anderson Daronco (FIFA), auxiliado por Rafael da Silva Alves (FIFA) e Michael Stanislau, todos gaúchos
VAR: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
TRANSMISSÃO: Globo e Premiere

Fonte: Hoje em Dia

print
Comentários