Cerca de 300 agentes comunitários de saúde participaram no dia 30 de outubro, terça-feira, de uma aula inaugural do curso de Formação Técnica em Agente Comunitário de Saúde, promovido pela Secretaria Municipal de Saúde.
A aula inaugural foi ministrada no Auditório do Salão Paroquial da Matriz de São Vicente Férrer. Estavam presentes o Prefeito Aluísio Veloso, o Secretário Municipal de Saúde, Rui Sobreira e o Vice-Diretor da Escola de Saúde Pública de Minas Gerais – ESP/MG, Henrique Badaró.
Formação Técnica em Agente Comunitário de Saúde
O objetivo do curso é qualificar os Agentes Comunitários de Saúde – ACS para atuar junto à equipe multiprofissional de saúde como profissional crítico, reflexivo e ético, transformador da realidade desenvolvendo ações de integração social, promoção da saúde e prevenção de agravos na família e na comunidade por meio do processo educativo. A Formação Inicial do ACS do curso tem carga horária de 400 horas e é acessível a todos os Agentes Comunitários de Saúde, para realizá-lo é necessário ter no mínimo 18 (dezoito) anos. O curso já foi ministrado em 125 municípios sede, com uma área de abrangência total de 258 municípios, com previsão de mais municípios serem atingidos.
O Agente Comunitário de Saúde é uma categoria profissional regulamentada pela Lei 10.507/2002 sendo que este profissional existe desde 1992 quando foi implantado o Programa de Agentes Comunitários de Saúde – PACS e no ano de 1994 foi incorporado ao Programa de Saúde da Família. Este profissional exerce um papel importante no contexto de mudanças de práticas de saúde. Ele é o elo entre a unidade de Saúde da Família e a comunidade. A aula inaugural foi ministrada no Auditório do Salão Paroquial da Matriz de São Vicente Férrer. Estavam presentes o Prefeito Aluísio Veloso, o Secretário Municipal de Saúde, Rui Sobreira e o Vice-Diretor da Escola de Saúde Pública de Minas Gerais – ESP/MG, Henrique Badaró.
Formação Técnica em Agente Comunitário de Saúde
O objetivo do curso é qualificar os Agentes Comunitários de Saúde – ACS para atuar junto à equipe multiprofissional de saúde como profissional crítico, reflexivo e ético, transformador da realidade desenvolvendo ações de integração social, promoção da saúde e prevenção de agravos na família e na comunidade por meio do processo educativo. A Formação Inicial do ACS do curso tem carga horária de 400 horas e é acessível a todos os Agentes Comunitários de Saúde, para realizá-lo é necessário ter no mínimo 18 (dezoito) anos. O curso já foi ministrado em 125 municípios sede, com uma área de abrangência total de 258 municípios, com previsão de mais municípios serem atingidos.
O Agente Comunitário de Saúde é uma categoria profissional regulamentada pela Lei 10.507/2002 sendo que este profissional existe desde 1992 quando foi implantado o Programa de Agentes Comunitários de Saúde – PACS e no ano de 1994 foi incorporado ao Programa de Saúde da Família. Este profissional exerce um papel importante no contexto de mudanças de práticas de saúde. Ele é o elo entre a unidade de Saúde da Família e a comunidade.

Imprimir
Comentários