Desde o dia 12 deste mês, os grupos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do Centro de Referência de Assistência em Social (Cras) de Córrego Fundo passaram a contar com oficinas de musicalização.

Além dos grupos do Cras, as aulas também serão oferecidas para a população. Atualmente, além dos grupos, já existem mais de 30 inscritos para as atividades que ocorrerão na sede da Secretaria de Políticas Sociais.

De acordo com o professor de música, Tiago Oliveira, as aulas para a população serão de flauta e violão. Posteriormente, poderão ser utilizados outros instrumentos, conforme o desenvolvimento dos alunos. Já nos grupos do Cras, as atividades contarão com dinâmicas diversificadas, no aspecto da aprendizagem e na diversidade de instrumentos.

Uma importante novidade é que, como as aulas, foi criado o coral do Cras, com a participação de usuários dos grupos Viva Mulher e Melhor Idade. “O grupo está bastante entusiasmado e mostrando muita dedicação e bons resultados nas aulas. A primeira apresentação do grupo ocorreu no sábado (27)”, contou o professor.

Tiago ressaltou a importância da música no contexto social, porque estimula o processo criativo, favorece as relações sociais e de desenvolvimento coletivo, possibilita a expressão de sentimentos e emoções, além de ser uma possibilidade de crescimento pessoal e até mesmo ingresso profissional no âmbito da música.

As aulas para a população ocorrem as segundas e quintas-feiras, das 17h às 20h.

O professor Tiago Oliveira é responsável pelas aulas (Foto: Divulgação/ Secom Córrego Fundo)

 

Fonte: Secom/Formiga||

Imprimir

Comentários