Novas instalações inauguradas nesta quarta-feira (10), no Hospital Nossa Senhora do Brasil, em Bambuí, região Oeste do Estado, vão garantir aos pacientes um atendimento ainda mais eficaz. A instituição, que passou por uma reforma completa, ganhou um moderno laboratório de análises clínicas, salas equipadas para exames de ultra-sonografia, endoscopia e colonoscopia, além de uma central para esterilização de material. Ao todo, foram mais de 430m2 de área construída.
?Talvez a palavra que melhor traduza a gestão desse governo seja parceria. E em se tratando de saúde unir esforços é fundamental, afinal trata-se de uma questão complexa, que ninguém pode ter a pretensão de resolvê-la individualmente. Quando a gente percebe que as parcerias realizadas renderam frutos tão positivos, como os que vemos aqui no Hospital Nossa Senhora do Brasil, é muito gratificante?, destacou o secretário de Estado de Saúde, Marcus Pestana, presente na inauguração.
No laboratório de análises clínicas, poderão ser realizados novos tipos de exame de sangue, tornando o diagnóstico da equipe médica ainda mais preciso. O espaço também passou a contar com uma agência transfusional, onde são feitos testes para verificar a compatibilidade sanguínea entre o doador e o paciente que necessita da transfusão.
?Agora, podemos realizar dentro do próprio hospital um procedimento que só era feito pelo Hemominas. Isso facilita e agiliza bastante a assistência prestada ao nosso paciente?, destacou a diretora administrativa do Hospital Nossa Senhora do Brasil, Inês Aparecida Soares.
Em três salas totalmente equipadas, poderão ser realizados exames importantes, como o de colonoscopia, feito por meio do colonofibroscopio, aparelho que dispõem de um vídeo que permite avaliar todo o intestino até mesmo no momento de uma cirurgia. O hospital também passa a disponibilizar ultra-sonografia, que nos últimos meses vinha sendo realizada na policlínica da Prefeitura, além de um novo equipamento destinado à endoscopia.
?É, sem dúvida, motivo de grande satisfação poder constatar tantos avanços. Sabemos que tais conquistas refletem diretamente na assistência aos cidadãos de nossa região e é por isso que ficamos felizes por esses progressos?, destacou o diretor clínico do Hospital Nossa Senhora do Brasil, Ramon José de Oliveira Dias.
Para a realização das melhorias, o Governo de Minas destinou ao Hospital Nossa Senhora do Brasil R$ 621 mil. Os recursos, repassados por meio de convênio com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), foram empregados na construção das instalações e também para a aquisição de equipamentos. As obras vão beneficiar a cerca de 45 mil pessoas, moradoras de Bambuí, Medeiros, Tapiraí e Córrego Danta.
?Para o município de Bambuí, é motivo de alegria e também de orgulho receber uma obra que vai melhorar a saúde não apenas da população local, mas também de outras cidades?, ressaltou o prefeito de Bambuí, Lélis Jorge da Silva.
Durante o evento, o secretário Pestana comunicou o repasse de mais R$ 300 mil para o Hospital Nossa Senhora do Brasil. O recurso será investido nas obras de reforma do telhado, aquisição de caixas d?água, entre outras melhorias na estrutura física. A primeira parcela, no valor de R$ 150 mil, será liberado na próxima quinta-feira (18).
Autoclaves
Além dos investimentos repassados pela SES, o Hospital recebeu também duas autoclaves doadas pela Cemig. Os equipamentos, responsáveis pela esterilização de instrumentos e roupas de cama, vai reduzir o consumo de energia elétrica.
?Estamos substituindo duas autoclaves de 100 litros por duas de 250 litros cada. Como a capacidade delas é maior, pode-se colocar mais que o dobro de material de uma só vez. Isso significa que os equipamentos ficarão menos tempo ligados, diminuindo, com isso, o gasto de energia. Outro benefício proporcionado é o controle bacteriológico, que passa a ser mais eficaz?, explicou o coordenador do Programa de Eficiência Energética da Cemig, Higino Zacarias de Souza.
Para o deputado estadual Domingos Sávio, as ações realizadas reforçam a importância das parcerias. ?Isso demonstra que o governo de Minas trabalha de forma integrada e só quem ganha é a população?, opinou.
O Hospital Nossa Senhora do Brasil conta com 60 leitos. Na Instituição, são realizados serviços de média complexidade, como clínica geral e cirurgias mais simples. Há ainda maternidade e pediatria. Mensalmente, cerca de 2500 atendimentos são efetuados.
Durante a passagem por Bambuí, o secretário de Estado de Saúde visitou ainda o Hospital São Francisco de Assis da Fhemig, onde atualmente funcionam serviços de ortopedia e obstetrícia. No passado, era uma instituição voltada para o tratamento de portadores de hanseníase.

print
Comentários