De janeiro à primeira quinzena de maio deste ano, o Banco Municipal de Alimentos (BMA) doou a entidades formiguenses e também a famílias carentes, através dos Cras (Centro de Referência em Assistência Social), mais de 59 toneladas de alimentos.

Desse montante, 46.487 quilos foram adquiridos através do PAA (Programa de Aquisição de Alimentos), que adquire os alimentos de produtores da agricultura familiar, beneficiando assim também o pequeno produtor. Outros 12.658 quilos de alimentos foram conseguidos através de diversas ações de arrecadação, como a Feira Solidária, o combate ao desperdício em parceria com o comércio, parceria com o Setor Juventude da Paróquia São Vicente Férrer e também com o formiguense Saulo Carrilho, que mora em Belo Horizonte.

Segundo o secretário municipal de Desenvolvimento Humano, Jaderson Teixeira, “esse volume de alimentos é um indicativo da reestruturação do Banco Municipal de Alimentos. Tenho convicção de que o BMA está cumprindo seu papel de articulador da Política Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional”.

O prefeito Eugênio Vilela destaca o papel social do Banco de Alimentos, “para auxiliar no combate à fome e como instrumento para incentivar os pequenos produtores rurais”.

Imprimir

Comentários