Um bebê de 11 meses está internado em estado grave, desde sábado (19), no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, no bairro Santa Efigênia, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, com um ferimento na cabeça, informou a Polícia Militar (PM).

De acordo com boletim de ocorrência da PM, a mãe dele, de 25 anos, disse que estava cheirando loló quando caiu em cima do filho. O fato aconteceu no bairro Céu Azul, na Região de Venda Nova, na capital mineira.

A PM chegou até a casa da família e encontrou o pai, de 31, segurando a criança que estava inconsciente e com um ferimento na cabeça. Ele contou à PM que a mãe caiu com o filho.

A criança foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Justinópolis, em Ribeirão das Neves, na Grande BH, onde foi atendida e entubada e, depois, transferida para o João XXIII.

Ao voltarem à residência da tia de Caroline, onde o incidente ocorreu, os militares encontraram a mãe assentada em um sofá, “apresentando estar tonta, grogue e com a voz embolada”.

Ela contou aos policiais que cheirava loló, ficou tonta e caiu em cima da criança. O marido disse à PM que deu calmante com suco de maracujá à mulher.

Como ela não estava no estado normal, foi levada pelos PMs à UPA Venda Nova, onde foi medicada.

Depois o casal foi encaminhado à Central de Flagrantes (Ceflan) 4.

O Hospital João XXIII não comenta sobre o estado de saúde dos pacientes.

Matéria do G1

Imprimir
Comentários