A Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ), campus Dona Lindu em Divinópolis, anunciou que vai estudar os benefícios da maconha como recurso medicinal. A autorização foi cedida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para o cultivo de células e tecidos da maconha.

Os professores e farmacéuticos Joaquim Mauricio Duarte Almeida e Vanessa Cristina Stein estão cultivando espécies de Cannabis desde o início da semana em laboratório visando a obtenção de compostos biologicamente ativos.

 

 

Estudos já foram iniciados  (Foto: Assessoria/UFSJ)

 

As sementes da maconha foram doadas pelo delegado regional da Polícia Civil, Leonardo Pio, que cedeu mediante autorização judicial.

O projeto tem como finalidade a obtenção de canabinoides que podem ser utilizados no tratamento de doenças como epilepsia refratária, esclerose múltipla e outras relacionadas ao sistema nervoso.

 

 

Fonte: G1 ||

Imprimir

Comentários