Da Redação 

Pode soar estranho, mas a partir da aprovação da nova estrutura administrativa do município, aprovada na Câmara no dia 18 de setembro, as três bibliotecas públicas municipais (Dr. Sócrates Bezerra de Menezes, localizada na praça Matriz São Vicente Férrer, Donatelli Gandra, no Quinzinho, e Osório Garcia, no bairro Ouro Negro e a biblioteca de Pontevila (que está em fase de instalação), serão vinculadas à Secretaria de Cultura.

Segundo o titular da pasta, Alex Arouca, que também ocupa o cargo de adjunto de Educação, a mudança ocorrerá a partir da observação de que as bibliotecas possuem um importante acervo histórico e a proposta é gerar maior entrosamento entre as bibliotecas e o Museu Histórico Francisco Fonseca, que deverá ser reestruturado.

Mas não se trata apenas de uma mudança, e sim de uma troca. Toda a parte educacional da Escola Municipal de Música Eunézimo Lima (Emmel), que trabalha na formação de novos músicos ficará sob a responsabilidade da Secretaria de Educação.

Os grupos musicais, com as bandas e o coral, além dos grupos de dança permanecerão sob a responsabilidade da Secretaria de Cultura.

Biblioteca em Pontevila

Um evento realizado pelo Governo de Minas Gerais no Teatro da Biblioteca Pública, em Belo Horizonte, em junho marcou a entrega de uma biblioteca que será instalada no Distrito Turístico de Pontevila.

Representaram a cidade de Formiga, o assessor da Secretaria Municipal de Cultura, Elton da Costa Pinto, e a presidente da Câmara Municipal, Wilse Marques, que receberam a biblioteca das mãos do Secretário de Estado da Cultura, Ângelo Osvaldo.

O município foi agraciado com um acervo 1.090 itens, que incluem livros em impressão comum e braile, periódicos, CDs, DVDs e audiolivros, além de estantes e carrinhos de transporte.

A contemplação

A possibilidade de abertura da 4ª biblioteca pública de Formiga ocorreu graças ao então secretário de Cultura, Aluísio Veloso, falecido no dia 9 de setembro, que no ano passado, durante os trabalhos da equipe de transição, consultou o site da Secretaria de Estado de Cultura e viu um edital aberto para a criação de bibliotecas públicas municipais.

Aluísio procurou a gestora da Biblioteca Central, Cristina Pinheiro, e a coordenadora de projetos da Secretaria Municipal de Educação, Eliana Rodrigues, para inscrever Formiga no projeto que já está sendo executado.

Imprimir

Comentários