O BMA vem trabalhando intensamente na captação de alimentos para atender à crescente demanda por causa da pandemia do novo coronavírus.

Graças à transparência, responsabilidade e credibilidade do equipamento, as doações vêm aumentando diariamente e em maio o equipamento alcançou um novo recorde na captação de alimentos: 45.877 quilos, o que significa um aumento de mais de 43% comparado ao mês anterior. Em abril, o equipamento já havia tido uma alta captação de donativos: 31.949 quilos.

Para atender a demanda, o BMA tem contado com um número crescente de parceiros e doadores. Os alimentos foram captados através de ações realizadas com diversos parceiros, doações de produtores/parceiros, do Projeto Feira Solidária, de colheita nas Hortas Urbanas e também adquiridos de produtores da agricultura familiar através do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

Em maio, foram doadas, através dos Cras (Rosário, Cidade Nova, Nossa Senhora de Lourdes, Geraldo Veloso, Souza e Silva e Novo Horizonte), 1.780 cestas verdes (frutas, verduras e legumes mais biscoito, rosquinha, doce, feijão, mel e tempero) e ainda 602 cestas básicas. Também foram atendidas as seguintes entidades e os equipamentos: Casa da Criança e do Adolescente, Apae, Asadef, Asilo São Francisco de Assis, Residência Inclusiva, Casa de Apoio em BH, Centro de Convivência do Idoso, Creas, Futebol Solidário, Associação Mão Amiga, Santa Casa, Capoeira Caminhos de Luanda, Tatame do Bem, Casa Divina Misericórdia, Comunidade Terapêutica NARCC, Grupo de Ação Social Padre Clemente, Projeto Geladeira Solidária, Associação Espírita Santo Agostinho, Ação Solidária para os Caminhoneiros, Banco de Alimentos de Divinópolis, Banco de Alimentos de Brumadinho, Mesa Brasil Sesc, Associação Santa Cruz e Secretaria de Obras.

De acordo com o coordenador do equipamento, Anuar Teodoro Alves, o número de famílias em situação de vulnerabilidade social tem aumentado muito devido ao período de pandemia. “Muitas famílias tiveram sua renda comprometida e, em muitos casos, como as crianças não estão indo à escola, o consumo de alimentos acabou aumentando. Nesse período, o BMA tem conseguido cumprir sua missão de garantir a segurança alimentar e nutricional no município”, explicou.

Os interessados em ajudar com doações de alimentos podem procurar a sede do equipamento, que fica na rua Nossa Senhora da Abadia, 574-fundos, bairro Água Vermelha. Os telefones de contato são: 3329-1812 e 99988-1342.

Fonte: Decom

Imprimir
Comentários