Atlético e Cruzeiro devem trocar de patrocinador máster para a próxima temporada. A situação do clube celeste já foi confirmada: o banco BMG enviou um comunicado informando que não renovará o contrato para 2015. O Galo, por sua vez, não foi informado da saída do parceiro, embora reconheça que possa mudar a marca que estampa em sua camisa.

O diretor comercial do Cruzeiro, Robson Pires, revelou que já recebeu uma carta do BMG descartando oferta para um novo vínculo. O clube celeste já negocia com outras três empresas. Uma delas é a Caixa Econômica Federal.

?O BMG nos comunicou que não pretende renovar o vínculo com o Cruzeiro. Foi uma parceria importante, mas agora já estamos trabalhando com outras três possibilidades. Uma é a Caixa. As outras duas são empresas com sedes fora do Brasil, mas não posso revelar o nome?, informou à reportagem.

O Cruzeiro pode iniciar a próxima temporada sem um patrocinador máster na camisa. Assim, o desejo de muitos cruzeirenses de voltar a comprar o uniforme estrelado sem um grande patrocínio no centro poderá ocorrer.

?Existe essa possibilidade de entrar o ano sem patrocínio. São negociações grandes, que envolvem valores elevados e empresas conceituadas. A gente espera fechar contrato até o fim de dezembro, mas as tratativas podem se arrastar?, explicou o diretor comercial do Cruzeiro.

Atlético

O Atlético, por sua vez, diz não ter sido comunicado pelo BMG. A diretoria do clube, contudo, admite a possibilidade de trocar o patrocinador. ?Não fomos informados se o BMG vai sair do futebol. Também não fomos comunicados sobre desistência de renovação, resumiu o vice-presidente do Atlético, Daniel Nepomuceno, que assumirá o cargo máximo em 2015. Mas trabalhamos com todas as possibilidades. Estamos valorizados, na final da Copa do Brasil, com uma boa campanha no Brasileiro, temos possibilidades de negociar com qualquer empresa?, completou Nepomuceno, ao Superesportes.

print
Comentários