O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Caixa Econômica Federal pagarão R$ 2.759 bilhões de dividendos à União. Portarias do Tesouro Nacional publicadas no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (1º) autorizam esse pagamento com o resgate de títulos que estão na carteira dos dois bancos.
A Caixa fará o pagamento de dividendos antecipados relativos ao lucro de 2012, no valor de R$ 1,5 bilhão, com Letras do Tesouro Nacional (LTN), com vencimento em 1º de janeiro de 2013. Já o BNDES pagará R$ 1,259 bilhão como antecipação de dividendos e juros sobre o capital próprio relativos ao lucro de 2012, com Notas do Tesouro Nacional (NTN-B), com vencimento em 15 de maio de 2035 e 25 de maio de 2045.
Para reforçar o caixa, o Tesouro Nacional tem aumentado as receitas com o pagamento de dividendos. No último relatório bimestral do orçamento o governo elevou de R$ 26,5 bilhões para R$ 29 bilhões a previsão de receitas com dividendos para o ano de 2012. O secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, no entanto, negou recentemente que o governo esteja fazendo uma manobra para antecipação de receitas com dividendos. Nos últimos meses, o governo já publicou vários decretos e portarias para permitir o repasse desses dividendos do BNDES e da Caixa à União.

IMPRIMIR