O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou neste domingo (5) que a Petrobras deve anunciar a redução no preço dos combustíveis a partir desta semana. Ele não deu detalhes sobre o percentual de queda, nem informou a data exata do anúncio. Aproveitou a oportunidade e voltou a culpar os estados pela alta nos preços.

“Eu não reajustei [o valor dos combustíveis], mantive congelado desde 2019, o valor do PIS/Cofins, que é o imposto federal. Os governadores mantiveram o percentual, que varia de acordo com o valor na bomba. E mais que dobraram o valor arrecadado com o ICMS. Querem criticar, critiquem. Mas a pessoa certa”, disse o presidente ao site Poder360. 

A alta no preço dos combustíveis tem sido alvo de críticas de prefeitos, que há meses vêm procurando diálogo com o governo para evitar como reflexo o aumento do preço das passagens do transporte público.

Ainda segundo o site Poder360, o presidente disse saber da insatisfação dos prefeitos e afirmou: “seria bom eles procurarem os governadores”.

Mais cedo, Bolsonaro esteve no Minas Brasília Tênis Clube, na capital federal, e assistiu a um campeonato de futebol. O evento não estava na agenda oficial e não houve comunicação à imprensa.

Fonte: O Tempo

print
Comentários