O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) recebeu de presente uma réplica de fuzil artesanal dado por Araújo Neto, motorista aposentado da Polícia Federal. Ele exibiu a arma na transmissão ao vivo nas redes sociais, nessa quinta-feira (10).

O fuzil foi fabricado no Ceará com peças de veículos sem utilidade e trazido pelo chefe da Força Nacional, coronel Antônio Aginaldo de Oliveira. 

“Essa máquina à noite numa comunidade… Sai correndo ou não?”, ironizou o presidente. 

“Na Avenida Brasil, por exemplo, já muito passei por lá… Tinha um caboclo desse na tua frente naquela pista lateral com o trânsito devagar, tinha que fazer o quê, coronel?”, comentou.

Em fevereiro, Bolsonaro editou quatro decretos que ampliam o acesso e o porte à arma e às munições por agentes de segurança e pelos CACs (colecionadores, atiradores e caçadores).

Em abril, porém, o Supremo Tribunal Federal suspendeu o julgamento sobre a suspensão de trechos dos decretos. 

Fonte: Estado de Minas

Imprimir
Comentários