Militares do Corpo de Bombeiros, lotados no Posto Avançado de Arcos, combateram, por oito horas seguidas um incêndio em uma plantação de eucalipto, registrado no domingo (2). O terreno afetado pelas chamas faz divisa com uma área de reserva ambiental, o que gerou grande preocupação à guarnição.

Durante a ação, foram utilizadas técnicas de combate a incêndio florestal, com o uso de abafadores, mochilas costais e construção de aceiros. Após exaustivas horas de trabalho, os militares conseguiram extinguir o fogo, sem que a área de reserva fosse atingida.

O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais alerta que estamos no período de estiagem, caracterizado por poucas chuvas e, consequentemente tempo muito seco e propício para queimadas. “Qualquer queimada pode atingir grandes proporções e provoca-las é crime!”, alerta a corporação.

Imprimir
Comentários