Neste final de semana, militares do 6º Pelotão de Bombeiros de Formiga registraram duas ocorrências de afogamento, resultando em dois óbitos.
No sábado (25), um jovem de 20 anos, identificado por Waslem José da Silva, se afogou em uma lagoa na comunidade rural da Fazenda Velha. Segundo informações de testemunhas, o mesmo sentiu câimbras e submergiu.
O corpo foi retirado por terceiros, que presenciaram o afogamento. Militares do Corpo de Bombeiros ainda conduziram a vitima para o Pronto Socorro, realizando procedimentos de reanimação cardiopulmonar, contudo a equipe médica constatou o óbito. Ainda de acordo com as testemunhas, a vítima ficou submergido por cerca de 25 minutos.
Já no domingo (26), um jovem de 19 anos, identificado por Leomar de Cássio Machado, se afogou em uma lagoa na Comunidade dos Costas, município de Camacho, aproximadamente 60 km de Formiga.
Segundo informações das testemunhas, após almoçar a vítima iniciou o nado na referida lagoa e, a uma distância aproximada de 15 metros da margem, submergiu-se. Após cerca de 20 minutos de busca subaquática, militares do Corpo de Bombeiros encontraram o corpo a uma profundidade de aproximadamente 6 metros.
De acordo com o tenente Mateus Campos Cunha, comandante do 6º Pelotão de Bombeiros de Formiga, este tipo de ocorrência, infelizmente, aumenta nessa época do ano: ?Com o verão, um número maior de pessoas procuram lagos, balneários, cachoeiras e clubes, para realizar suas atividades de lazer, o que aumenta a probabilidade de afogamentos e requer mais cuidados por parte dos banhistas?.
Dicas de prevenção
?Procure um local conhecido por você ou por outra pessoa, desde que ela o acompanhe.
?Não ultrapasse faixas e placas de avisos.
?Não entre em locais onde há avisos de perigo de morte ou em águas poluídas.
?Procure sempre local onde existe a presença de guarda-vidas, ou o Corpo de Bombeiros.
?Evite nadar sozinho;
?Não tome bebida alcoólica antes de entrar na água;
?Não se afaste da margem;
?Não salte de locais elevados para dentro da água;
?Não tente salvar pessoas em afogamento sem estar devidamente habilitado;
?Prefira lançar flutuadores para salvar pessoas ao invés da ação corpo a corpo;
?Identifique nas proximidades a existência do salva-vidas e permaneça próximo a ele;
?Evite brincadeiras de mau gosto (caldos, trotes, saltos);
?Acate as orientações dos Bombeiros ou dos Salva-vidas;
?Não abuse se aventurando perigosamente;
?Não deixe as crianças sozinhas;
?Evite navegar com carga em excesso;
?Só deixe entrar na embarcação pessoas usando coletes salva-vidas;
?Somente conduza embarcações se for habilitado para tal.

Imprimir
Comentários